Rúben e Gade

Rúben e Gade

Atualizado: Segunda-feira, 28 Janeiro de 2008 as 12

No capítulo 32 do livro de Números (um daqueles livros não muito lidos da Bíblia), temos um registro de uma conversa dos descendentes de Rúben e Gade, na qual um pedido é feito a Moisés. A princípio, espanta-nos a forma como Moisés reage, um tanto áspera, para algo tão sem significância e até compreensível.

Naquele relato, os rubenitas e os gaditas pedem que sua possessão por herança seja daquém do Jordão (veja verso 5), visto ser essa região própria para a criação de gado, algo que segundo as Escrituras, eles tinham em muitíssima quantidade (veja verso 1).

Um pedido legítimo!

Porém, Moisés apresenta uma reação enérgica (veja o verso 14). Afinal, era chegado o momento de atravessar o Jordão e, pela guerra, conquistar Canaã. Como poderia ele permitir que duas tribos ficassem em "pastos verdejantes" enquanto a nação sofria os horrores da guerra?

Assim, ficou determinado que se os homens de Rúben e Gade marchassem para a batalha com seus irmãos, quando todos tivessem sua possessão, eles herdariam a terra que pediram.

E assim o foi. (confira Josué 22).

Esse texto nos fala do tempo e dos pré-requisitos para tomar posse

Num mundo tão acelerado, onde tudo tem que ser feito com extrema rapidez, nos acostumamos a não gostar de esperar e, nesse afã, muitas das vezes queremos atropelar o tempo de Deus, quando nossos pedidos legítimos como uma pessoa legal para namorar, um casamento, um trabalho melhor, filhos e muitos outros, não são respondidos com a agilidade do Sedex dos Correios.

Parece que Deus não quer que alcancemos tais bênçãos! Não é?

Contudo, como vemos nessa bela passagem da Palavra, há um tempo, um aprendizado, uma jornada, antes da integração de posse.

Sempre haverá um meio de chegarmos mais rápido ao que queremos, evitando o esforço, as lutas e as renúncias. Mas não podemos nos esquecer de que a única forma correta é a de Deus, e essa só acontece no tempo e no jeito dEle.

Submeta-se a Sua vontade.

"E não nos cansemos de fazer o bem, pois a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido." -  Gl. 6.9.

Deus te abençoe!

Dr. Isaac Azevedo Silva, é  médico cardiologista pela UFMG e, juntamente com sua esposa, a psicóloga Andréia Firmina Borges Azevedo Silva, atua como conselheiro do Curso de Noivos Edificando Um Novo Lar.

veja também