MENU

A Pedra nos sapatos dos Pedros

A Pedra nos sapatos dos Pedros

Atualizado: Segunda-feira, 22 Junho de 2009 as 12

Escrever pra mim é um meio de libertar minhas idéias. E a última tem a ver com aquilo que Jesus diz para Pedro no Evangelho de Mateus, no capítulo 16, versículo 18: "E eu lhe digo que você é Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la".

Na interpretação mais aceita deste texto, todos os estudiosos afirmam que aqui encontramos a razão da existência da Igreja. Manter o ministério de Cristo ativo entre os homens. Ela é o corpo místico de Cristo atuando contra as investidas do reino das trevas. A tal "pedra" de Jesus é a revelação que Pedro possui. Não é, nem Pedro (que simboliza a sucessão papal), nem qualquer outra pedra doutrinária, mas o próprio Cristo.

E isso nos dá muito que pensar. Se a igreja não está sobre a Pedra de Pedro, não existe vitória, não existe Reino de Deus e não existe Espírito Santo atuando. O que vemos são puras expressões de religiosidade e tradições humanas mantidas pela força da tradição papal ou petrina, seja ela católica ou evangélica.

Pedro é humano. Mas o Cristo é divino, e esse é o caráter da igreja. Isso significa expressar a leitura e o contexto de Cristo ante o mundo. Significa amar como Cristo amou, cuidar como Cristo cuidou, ensinar como Cristo ensinou, e se entregar como Cristo se entregou. Tudo que não é isso, também não é Cristo. Pois é sempre mais fácil ser Pedro do que ser o Cristo.

Será que estamos na Pedra de Pedro, ou estamos em Pedro apenas?

· Todo ministério que invoca sobre si mesmo o poder para "ajudar" Jesus é Pedro;

· Todo ministério que torna público seu "amor" por Jesus é Pedro;

· Todo ministério que confessa que fará "tudo" por Jesus é Pedro;

· Todo ministério que diante da pressão do mundo "nega" a Jesus é Pedro;

· Todo ministério que prefere a surdez da consciência (quando arranca ouvidos com seus sermões cheios de intenção de poder) é Pedro;

· Enfim, é Pedro porque é pedra de tropeço e não Pedra de Revelação.

E essa sempre será a pedra no sapato dos Pedros e dos Papas de nosso tempo: Jesus, o Cristo!

Bruno dos Santos   é pastor, formado em Teologia Contemporânea pelo ICEC (Instituto Cristão de Ensino Contemporâneo) e pós-graduando pela Universidade Doxa (DOXA University Bible College / Flórida USA). Português, natural de Angola, Bruno dos Santos é diretor da "Cruzada Missionária Continental Brasil", coordenador teológico do "Centro de Capacitação Ministerial" e escritor nas áreas de teologia e liderança.

Blog Bruno dos Santos www.prbruno.blogspot.com Portal Cruzada Missionária Continental Brasil www.cmc.org.br

veja também