“O que ligarem na terra terá sido ligado no céu”: você já colocou essa palavra em prática?

Texto dentro do contexto.

Fonte: Guiame, Cris BeloniAtualizado: quarta-feira, 12 de janeiro de 2022 19:05
Alcançando o céu. (Foto: Baggeb/Pixabay)
Alcançando o céu. (Foto: Baggeb/Pixabay)

“Tudo o que vocês ligarem na terra terá sido ligado no céu, e tudo o que vocês desligarem na terra terá sido desligado no céu.” (Mateus 18.18)

Quantas vezes você já ouviu alguém usando esse versículo no meio de uma oração? Dando a entender que os nossos pedidos feitos aqui na terra serão atendidos lá no céu. Há textos bíblicos que realmente falam sobre a realização dos nossos pedidos, mas não é o caso desse texto.

Perceba que Jesus disse a mesma coisa para Pedro:

“E eu lhe digo que você é Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do Hades não poderão vencê-la. Eu lhe darei as chaves do Reino dos céus; o que você ligar na terra terá sido ligado nos céus, e o que você desligar na terra terá sido desligado nos céus.” (Mateus 16.18-19)

Em primeiro lugar, vamos entender os dois contextos. Em Mateus 18.18 Jesus está ensinando os discípulos a lidarem com os desentendimentos entre irmãos na fé. Se lermos os textos anteriores isso ficará mais claro:

“Se o seu irmão pecar contra você, vá e, a sós com ele, mostre-lhe o erro. Se ele o ouvir, você ganhou seu irmão. Mas se ele não o ouvir, leve consigo mais um ou dois outros, de modo que qualquer acusação seja confirmada pelo depoimento de duas ou três testemunhas. Se ele se recusar a ouvi-los, conte à igreja; e se ele se recusar a ouvir também a igreja, trate-o como pagão ou publicano. Digo-lhes a verdade: Tudo o que vocês ligarem na terra terá sido ligado no céu, e tudo o que vocês desligarem na terra terá sido desligado no céu.” (Mateus 18.15-18)

De qual ligação o texto está falando?

De uma pessoa ao Reino de Deus. Os discípulos estavam recebendo autoridade para “ligar”, ou seja, receber uma pessoa para fazer parte da família de Cristo ou “desligar”, que quer dizer “excluir” essa pessoa, caso ela não estivesse de acordo com as regras de Deus.

Já no contexto de Mateus 16.18-19, Jesus está perguntando aos discípulos “quem os homens dizem que eu sou?” e enquanto alguns diziam João Batista, Elias ou Jeremias, somente Pedro disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo.

Por conta dessa resposta, Jesus disse que daria a Pedro a “chave dos céus” que “liga ou desliga” as pessoas do Reino. Perceba que é a Palavra que tem o poder de abrir ou fechar, ligar ou desligar. A questão aqui é mais racional do que espiritual.

Reflexão

A convicção de Pedro de que Jesus era realmente o Cristo, o Filho do Deus vivo, é que iria fazer toda a diferença. Ele não repetiu o que as pessoas diziam sobre Jesus, ele mesmo respondeu.

E Jesus disse: “Feliz é você, Simão, filho de Jonas! Porque isto não lhe foi revelado por carne ou sangue, mas por meu Pai que está nos céus.”

Ou seja, Pedro estava conectado ao céu, ele estava ligado ao Pai, por isso ele poderia ligar as pessoas ao Reino através das suas pregações e conversas.

Pedro tinha consciência de quem realmente era Jesus Cristo. Quer dizer que uma explicação sobre o que a Bíblia realmente diz pode converter uma pessoa das trevas para a luz.

Mas, o contrário também pode acontecer. Veja que a forma como apresentamos o Evangelho às pessoas pode aproximá-las de Deus ou afastá-las. Foi o que Jesus disse aos fariseus, em Lucas 11.52

“Ai de vocês, peritos na lei, porque se apoderaram da chave do conhecimento. Vocês mesmos não entraram e impediram os que estavam prestes a entrar!”

Concluindo o nosso estudo, o texto não está falando sobre as nossas orações e desejos, mas da salvação das pessoas através do Evangelho.

E esse foi o estudo desta semana. Espero que tenha tirado a sua dúvida e também colaborado para o seu crescimento espiritual. Beijo no coração e até a próxima, se Deus quiser!

Por Cris Beloni, jornalista cristã, pesquisadora e escritora. Lidera o movimento Bíblia Investigada e ajuda as pessoas no entendimento bíblico, na organização de ideias e na ativação de seus dons. Trabalha com missões transculturais, Igreja Perseguida, teorias científicas, escatologia e análise de textos bíblicos.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: A Bíblia diz que o que pede, recebe: Então, Deus atenderá todas as nossas orações?

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições