O que você pensa sobre si mesmo?

“Como você imagina em sua alma, assim você é” (Provérbios 23.7b)

Fonte: Guiame, Dione AlexsandraAtualizado: terça-feira, 12 de junho de 2018 15:08
Os dias são maus. Por isso, precisamos ter um pensamento blindado. (Foto: Liberte sua mente)
Os dias são maus. Por isso, precisamos ter um pensamento blindado. (Foto: Liberte sua mente)

“Amigos, o melhor que vocês têm a fazer é encher a mente e o pensamento com coisas verdadeiras, nobres, respeitáveis, autênticas, úteis, graciosas — o melhor, não o pior; o belo, não o feio. Coisas para elogiar, não para amaldiçoar. Ponham em prática o que aprenderam de mim, o que ouviram, viram e entenderam. Façam assim, e Deus, que é soberano, irá tornar real em vocês a mais excelente harmonia”. Filipenses 4.8-9 [Versão A Mensagem]

Os dias são maus. Por isso, precisamos ter um pensamento blindado.

Quando ouvimos a palavra “blindado”, é normal remetermos em nossa memória aos carros que são blindados e protegidos de possíveis danos causados por ataques. Carros blindados normalmente são utilizados por grandes autoridades e pessoas influentes.

Cerca de 90% das blindagens automotivas vendidas no país se referem ao nível III-A, o mais comum para proteger contra armas de mão, de revólveres calibre 38 até o 44. Essa é a proteção procurada para se resguardar da criminalidade urbana. Acima dela há o nível III, que protege de diversos tipos de fuzil, além dos níveis IV e V, feitos para evitar danos provocados por granadas e lança-foguetes, respectivamente. São mais comuns no caso de chefes de estado.

Enquanto estudava sobre isso percebi o quanto somos desatentos e vulneráveis com os nossos pensamentos e não percebemos que eles influenciam a nossa vida. Se as pessoas têm o cuidado de blindar veículos, coisas naturais que existem hoje, mas não possuem garantia de existir amanhã, imagina os nossos pensamentos, que produzirão resultados eternos em nossa vida...
Em Filipenses vemos o filtro, a blindagem que precisamos para proteger os nossos pensamentos, blindando-os contra as tentações e insinuações que surgem diariamente.

Tudo começa na mente, sejam as coisas boas ou as más. E é isso que devemos blindar, proteger, cuidar. Os nossos pensamentos nos darão vida ou nos levarão para a morte. Deles dependerão as nossas decisões, sentimentos, vontades e escolhas.

Muitas pessoas investem milhões em segurança, blindando coisas naturais contra ataques naturais. Nós devemos investir na Palavra de Deus, que nos blinda contra os ataques na nossa mente, que não são visíveis, mas são reais.

Muitas pessoas estão limitadas em seus pensamentos de derrota, frustração, incapacidade, e isso já os acompanha por anos e anos. Para um pensamento errado sair, um pensamento certo precisa entrar e substituir o antigo.

Invista em seu crescimento, leia bons livros, tenha bons amigos, congregue em uma igreja que ensine a Palavra de fato, medite na Palavra, confesse-a em sua vida, renove a sua alma, creia no que Deus diz a seu respeito, fale corretamente, blinde seus pensamentos contra toda incredulidade que possa surgir ou já existir em sua mente.

Aprenda a filtrar seus pensamentos. Se algo surge e não é verdadeiro, rejeite; se não for de boa fama, recuse; se não tem louvor e não edifica, não gaste tempo meditando. Mas olhe para a PALAVRA, nela terás suporte de alto nível para blindar seus pensamentos.

Se os homens gastam milhões investindo em sua segurança natural, quanto mais nós, seres espirituais, não investiremos em nossa segurança eterna?

Seja guardião da sua mente, proteja sua alma, pois ela sempre se moldará aos seus pensamentos. Invista em sua vida espiritual, guarde a sua mente atentando para o que lê, assiste, escreve, fala e faz.

Pensamentos são sugestões que se forem negativas podem afetar toda a sua vida. Um pensamento errado pode chegar, mas se não acatarmos, não meditarmos e nem o acolhermos, certamente ele perderá a força. Se porém, gastarmos tempo pensando, meditando nele, o pensamento ganha força e passa a se tornar verdade para nós. Se o pensamento for verdadeiro, de boa fama e com louvor, ótimo, mas se for errado, trará danos a nossa vida.

Para sabermos a diferença, a Palavra de Deus sempre será a nossa bússola. Nela teremos a “norte” que nos conduzirá.
Quando percebemos, por exemplo, um pensamento contrário à Palavra, não é difícil saber de onde ele veio. E devemos ser rápidos em descartá-lo, para que ele não chegue ao nosso coração.

Muitas pessoas estão carregando pensamentos de derrota que os têm limitado em todas as áreas de suas vidas, e essa não é a vontade de Deus.

Hoje em dia, para muitos, a blindagem de um carro não é um luxo, mas tem sido essencial. Principalmente os que residem nas grandes cidades, devido à violência. Dirigir um carro blindado é diferente de dirigir um carro comum. Explico: o carro blindado é mais pesado, mas possui estabilidade e fornece ao condutor a segurança que ele deseja. As portas e vidros possuem revestimentos fortíssimos e exigem uma boa manutenção.

Quando protegemos os nossos pensamentos, blindamo-nos contra os enganos que surgem para desestabilizar a nossa caminhada. Quem protege os seus pensamentos anda mais seguro, mais estável, mais equilibrado e bem mais feliz. Mas precisamos renovar a nossa mente todos os dias com a Palavra de Deus, meditando e orando.

Lembre-se como você imagina em sua alma, assim você é (Provérbios 23.7b)

Onde a mente vai, o homem vai atrás.

Deixe de colocar no outro a responsabilidade dos seus sentimentos. Sabe por quê? Porque os nossos sentimentos nascem dos nossos pensamentos.

Vejamos, por exemplo, situações de catástrofes mostradas na TV. Nós temos duas pessoas que passaram pela mesma situação, aí chega o repórter com aquela pergunta incrível: “Como você está se sentindo agora que perdeu tudo...”

Sempre vai ter aquela pessoa que diz: “Oh céus! Oh vida! Eu ainda nem tinha acabado de pagar a televisão, agora vou ter que ir para a casa de parentes, eu não sei o que vai ser da minha vida...” e começa a chorar e lamentar tudo o que perdeu.

Mas, sempre tem aquela outra pessoa que também perdeu tudo, mas diz: “O importante é que eu estou vivo com os meus filhos e a minha família, as coisas a gente consegue tudo de novo.”

A catástrofe é a mesma para as duas pessoas. Mas o que cada um pensa sobre a catástrofe gera sentimentos diferentes.
Seja responsável pelos seus sentimentos, porque eles nasceram no seu pensamento. E, nos nossos pensamentos, nós determinamos e temos controle.

Não é o seu marido que lhe chateia, é o que você pensa sobre o que ele faz que lhe deixa triste porque ele, de fato, mexe no seu ponto fraco. Porque se alguém falar sobre algo que não lhe incomoda, você vai desconsiderar e seguir adiante.

Pense corretamente, fale corretamente, aja corretamente e, certamente, os resultados serão excelentes. Isso é um desafio diário para cada um de nós, mas é recompensador.

Deixe de terceirizar os seus sentimentos.

Mas lembre-se: Só conseguimos fazer isso quando descobrimos quem nós somos. Quando descobrimos as nossas fragilidades e pedimos para o Espírito Santo trabalhar nelas. Para isso, precisamos ter a humildade de perceber que temos que passar ainda por uma profunda transformação para vivermos de modo diferente.

 

 

Por Dione Alexsandra Ferreira - Publicitária, pós graduada em Comunicação Digital; Professora do Centro de Treinamento Bíblico Rhema; autora do livro "Jornada para a Liberdade", publicado pela Editora Reinar e integrante do Departamento de Comunicação do Centro de Operações do Ministério Verbo da Vida.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições