Em nome de Jesus, amém!

Quando falamos amém, estamos dizendo que confiamos no que Ele vai fazer.

Fonte: Guiame, Mariana MendesAtualizado: sexta-feira, 9 de abril de 2021 14:49
(Foto: Freepik)
(Foto: Freepik)

Me lembro de um dia quando era criança e estava participando de uma programação com fantoches na igreja. A pessoa por trás dos fantoches fez a seguinte pergunta: Quem sabe o que significa amém? Silêncio total, nenhuma criança sabia; apenas uma criança levantou as mãos e respondeu com toda força e segurança: ASSIM SEJA.

Naquele dia, fiquei pensando sobre quantas vezes eu tinha usado a palavra amém... Não consegui contar, porque muitas orações já tinham sido feitas, muitas músicas cantadas e a palavra amém estava presente em muitos lugares e até então eu vinha falando e repetindo esta pequena palavra sem me dar conta de seu significado.

Mas até hoje, entro no piloto automático muitas vezes. Faço orações sem pensar nas palavras, e quando vejo estou pedindo pelo dia que vai começar enquanto deveria estar agradecendo o jantar a minha frente. O costume de orar em certos momentos parou de ser uma escolha consciente para se tornar apenas uma memória muscular por assim dizer. Igual quando você fica de óculos muito tempo e quando tira continua ajeitando os óculos no rosto? Exatamente assim, se tornou automático! Nesses momentos, eu paro, volto 10 casas e repenso sobre significados.

Amém é uma palavra que vem do hebraico, e na sua raiz, possui um significado genérico que acredito ser perfeito: merecer confiança, confirmar, apoiar. Deus, com quem estamos falando diretamente quando oramos, merece confiança, ele é digno de TODA confiança! E quando falamos amém, estamos dizendo que confiamos no que ele vai fazer, que confirmamos tudo e apoiamos tudo, que não jogamos palavras ao vento, mas que derramamos nosso coração diante do Pai. Que quando dissemos “faça a SUA vontade” não foi da boca para fora, mas com sinceridade de alma. E confirmamos tudo isso no nome de Jesus, o nome sobre todo nome, aquele que nos reconectou ao Pai e tornou possível que nos achegássemos ao Santo dos Santos. Comece a divagar um pouco e você vê como pode encontrar a maravilha da graça e do amor de Deus mesmo nessa palavra de quatro letras: amém.

É óbvio que precisamos orar conscientes, é óbvio que precisamos saber o que estamos falando, dar o real valor e a verdadeira importância para a oração, para o que dizemos, para como agimos, mas é sempre bom darmos uma pausa para relembrarmos e revivermos essa pertinência de atos tão simples, afinal, entrar no piloto automático é mais fácil do que imaginamos.

Que nós possamos nos lembrar do presente maravilhoso que é a oração, que é podermos saber os significados e conhecermos a graça e o amor do Criador. Amém?

Por Mariana Mendes, escritora e estudante de Letras. Trabalha com mídias sociais e fundou o canal EntreLinhas. Filha do Pai e filha de pastor. É apaixonada por ver a rotina com novos olhares.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: O que esperam de nós?

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições