Vão para a Galileia

Cada um de nós tem sua Galileia definida, lugar onde Jesus nos aguarda.

Fonte: Guiame, Edmilson Ferreira MendesAtualizado: quinta-feira, 30 de dezembro de 2021 15:41
Mar da Galileia, Israel. (Foto: BRBurton23 / Pixabay)
Mar da Galileia, Israel. (Foto: BRBurton23 / Pixabay)

Faltam poucos dias, já, já 2022 vai nascer. Se com muito dinheiro no bolso e saúde pra dar e vender, só o Senhor o sabe. Cada um de nós tem um caminho a seguir, uma estrada pra caminhar, tarefas a cumprir, sonhos a buscar. Cada um cultiva sonhos secretos, desejos regados a muita oração e, de alguma forma, essa parte do calendário que se finda, tem o poder de provocar reflexões, balanços, conclusões, novas metas.

Lembro das mulheres que foram ao túmulo de Jesus e lá chegando não O encontraram! Tudo foi muito surpreendente, diferente, inimaginável, instigante. Até o momento que ouviram a doce voz: Salve agraciadas! Que delícia poder ouvir tais palavras num momento de tantas interrogações. E então, na conclusão da fala, o aviso inspirador: Avisem os meus discípulos para irem a Galileia, lá me verão!

Acho essa uma das mensagens mais incríveis depois da ressurreição. Os discípulos estavam desnorteados, sem rumo, confusos, fragilizados, amedrontados. Seu Mestre acabara de ser morto numa cruz. Havia sido colocado numa fria sepultura. A esperança de que fosse Ele o Messias que libertaria Israel da opressão romana ia escorrendo pelas mãos feito água. A bagunça de sentimentos era tanta que traíram, negaram, fugiram.

Imagine estes homens acuados e, de repente, com semblantes brilhantes, olhares radiantes, falas empolgantes, corações disparados, entram as mulheres com as boas novas: Ele ressuscitou!!!! Quando? Onde? A que horas? Vocês viram Ele? Conversaram com Ele? Ele está bem? Imagino a avalanche de perguntas que elas ouviram e que não foram registradas nos evangelhos. Mas se aqueles homens não fizeram nenhuma pergunta, posso falar por mim, eu perguntaria, muito, uma pergunta atrás da outra, sem parar!

Passada a explosão de emoções iniciais, finalmente elas dão a orientação para irem pra Galileia que lá O veriam. Revelação, fé, consolação, esperança, afeto, carinho, amor, comunhão, parceria, unidade, tudo se mistura aqui. Os séculos passaram, cá estamos nós neste 2021 pandêmico da nossa história. E me parece que a ordem continua, vão para a Galileia.

Vão pra 2022, está logo ali. Mas vá seguindo os conselhos e as orientações de Cristo, pois quando vamos segundo a vontade dEle, Ele já está lá, nos esperando com tudo preparado. Não adiantava os discípulos irem para Jericó, Betânia ou Efrain, a ordem era uma só, Galileia. Cada um de nós tem sua Galileia definida, lugar onde Jesus nos aguarda. Tão somente precisamos confiar e nos manter seguindo o Mestre, como as mulheres.

Um novo ano se aproxima, momento no qual a fé de muitos se reanima. Não deixe passar esse momento, não se renda a rotinas que continuarão escravizando e amarrando seus sonhos. Busque a Cristo, pois Ele não cessa de buscar você. Ouça Seus conselhos, medite em Sua Palavra, obedeça Sua vontade, no tempo certo Ele vai indicar a sua Galileia. Feliz 2022!

Edmilson Ferreira Mendes é escritor, pastor, teólogo, observador da vida.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Natal em tempos de ódio

Siga-nos

Mais do Guiame