MENU

Coragem para ser diferente

Coragem para ser diferente

Atualizado: Terça-feira, 6 Março de 2012 as 10:01

Eu ainda me assusto com algumas notícias de jornais. Ainda levo susto com alguns acontecimentos. Não consigo crer que algumas coisas aconteçam bem diante de nós e muitas se tornem tão comuns ao ponto de o fato de questioná-las nos torna alguém “estranho” ou fora do “ritmo” que caminha a humanidade.

Afinal, pra onde caminha a humanidade?

Quando leio sobre a falta de amor, ou falta de norte (estão desNORTEadas) das nações, e mesmo sabendo que a Bíblia já apontava para isso, mesmo sabendo que o mundo jaz no maligno, não consigo me acostumar com a maldade. Não creio que seres humanos são para serem usados e objetos para serem amados. Não concordo com isso.

Pessoas são o alvo da graça de Deus. Eu e você somos a cereja do bolo da criação de Deus, ou como o próprio Deus nos chama: “Menina dos seus olhos”. Como, pois aceitar que o NÃO vire SIM e o CERTO pareça ERRADO?

Nós já temos andado na contramão do sistema. Temos nadado contra a correnteza. Em dias que tudo se pode fazer nós optamos por dizer: “Há tempo para tudo. Tempo de ser solteiro e tempo de casar. Tempo de se guardar e tempo de aproveitar.”

Levantamos uma bandeira e temos tido coragem para ser diferente. Isso é louvável!

Durante os últimos anos vi duas psicólogas cristãs serem severamente disciplinadas por servirem a Cristo. Rozangela Justino foi cassada por querer ajudar pessoas com distúrbios sexuais e agora Marisa Lobo está sendo intimada por ser contra a legalização da maconha.

Estas são duas mulheres do tempo presente, mas quando olho para história e vejo pessoas como Martin Luther King na luta pelos negros ou Lutero contra as indulgências e tantos outros que morreram e morrem em favor do evangelho eu me pergunto: “Será que tenho coragem para fazer a diferença?”

Quando vejo as notícias sobre o Pastor Yousef Nadarkhani, que está preso no Irã desde 2009 e até o momento não sabemos se já foi executado ou não, tudo por amor a Cristo e por acreditar num evangelho que valha a pena, novamente eu me pergunto: “Será que tenho coragem para fazer a diferença?”

Muitas vezes olhamos para as pessoas que escandalizam o evangelho e corrompe a fé e desaminamos, e, esquecemos que existem os remanescentes de Deus, homens e mulheres que não dobram seus joelhos diante de nada além do verdadeiro Cristo e Sua Verdade.

Você tem coragem para fazer diferença? Te confesso que essa postura tem sido motivo das minhas orações.

Na semana passada o meu post falava sobre “SEDE”. Se você não leu, é uma excelente oportunidade de após ler esse texto, ver esse vídeo e dobrar os seus joelhos e perguntar ao Pai, o que você pode fazer para ajudar a mudar essa nação:

http://www.guiame.com.br/ntc/carnaval-voce-tem-sede-de-que.html

Na paz d’Aquele que acredita em nós como instrumentos de transformação e renovação.

 

Por Felipe Heiderich

veja também