MENU

Imagem e Semelhança de Deus

Imagem e Semelhança de Deus

Atualizado: Quarta-feira, 23 Março de 2011 as 12:16

Quando os céus se reuniram numa missão espetacular, PAI, FILHO e ESPÍRITO SANTO, cercado por toda uma platéia de anjos, resolveram criar a mais esplêndida, perfeita e maravilhosa obra da criação: “Eu e VOCʔ!

Moldados pelas próprias mãos do criador, a terra e a água, se transformaram em barro e este por sua vez começou a tomar forma, uma forma diferente, não tinha pelos ou folhas ou chifres. Era diferente de tudo que já existia. Suas curvas e detalhes foram meticulosamente desenhados e então surgiu algo lindo. Uma criação nova, perfeita, excepcional, algo muito parecido com o que você enxerga quando se olha no espelho. Essa criação foi tão desejada e detalhamente planejada que o criador informa que tem a IMAGEM dEle, ou seja, se parece com Ele.

Imagino o Pai Yaveh olhado para o Filho Jesus e exclamando: “UAU, não é que ficou bom mesmo!" (Gn 1.31), mas algo ainda estava faltando. Essa criação era boa demais pra ficar só nisso, então em conferência entre os três eles decidem colocar um pouco dEles dentro de nós, e num sopro (RUASH) entra neste lindo boneco de barro o FÔLEGO de vida, entra a Semelhança do Altíssimo.

O homem desperta e passa apreciar todo o mundo de coisas que Deus fez para ele. Ele é especial, tem uma super-memória, consegue nomear todos os animais sem esquecer o nome de um sequer, seu super-corpo não sente dores e seu super-controle dos animais faziam com que todos os outros seres vivos fossem dominados por ele. Isso sim é um Grande Super Herói. Um homem a IMAGEM E SEMELHANÇA de Deus.

Mas o pecado chega, o pecado quer naquela época, quer hoje, nos afasta de Deus e, longe de Deus o homem começa a perder a sua identidade, começa a ter sua imagem sendo destruída, seu corpo começa apresentar falhas e sua semelhança começa a sofrer alterações. Ele agora passa a mentir, matar, enganar... a imagem e semelhança vai ficando cada vez mais distante do original e vai se perdendo, perdendo, perdendo.

Algumas centenas de anos se passam e numa Suprema reunião Jesus decide intervir neste processo e trazer o homem de volta ao projeto original. Mas como todos estavam tão distantes do plano piloto, e seria quase impossível fazer com que eles voltassem apenas direcionando, Ele, o próprio Jesus, resolve descer a Terra e mostrar o caminho e vai muito além disso, Ele se faz Caminho dizendo que sempre que alguém visse a CRUZ e entendesse o sentido dela e a seguisse estaria fazendo o caminho inverso da distância e a cada instante voltaria, voltaria, voltaria em direção a Imagem e Semelhança.

Mais tarde o apostolo Paulo fala sobre isso quando diz: “Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo,”(Ef 4.13).

É claro que agora contaminados pelo pecado, nunca seremos perfeitos enquanto habitarmos na Terra, mas podemos nos aproximar e muito do modelo ideal que Deus desejou para cada um de nós.

“...somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor...” (II Co 3.18b).

Na paz daquele que muito mais do que mostrar o caminho, se fez Caminho por amor de nós

Felipe Heiderich é graduado em Teologia pela Faculdade Teológica Seminário Unido - RJ, escritor, conferencista e pregador. Twitteiro de plantão. Escreve artigos e ministra palestras para jovens, promovendo reflexões sobre espiritualidade e cotidiano.

Twitter: @felipeheiderich

Site: http://www.felipeheiderich.com/

E-mail: [email protected]

veja também