MENU

Papo Aberto: Entre dois amores

Papo Aberto: Entre dois amores

Atualizado: Quarta-feira, 21 Março de 2012 as 8:22

Meus pais nunca me orientaram muito bem sobre a igreja, Deus ou sobre qualquer outra coisa. Por ser fraca e desinteressada pela vontade de Deus, acabei pecando e trouxe maldição pra minha vida. Perdi a virgindade antes do casamento.

Sei que Deus já me perdoou, não vou mais errar, pois não quero ficar longe de Deus. Só que estou solteira há uns 6 meses e não estou querendo namorar agora. Sei que não esta na hora. Só tenho 18 anos, e, apesar de querer mesmo casar logo, não faria isso.

O problema é que tem alguns rapazes “dando em cima” de mim e dois estão insistindo tanto, que eu estou balançando. Não só pela insistência, mas por serem pessoas que também buscam o crescimento com Deus.
Mesmo que eu me decidisse por um dos dois eu não namoraria agora, é claro. Mas, confusão não é de Deus e a situação com eles está ficando confusa.

No fundo eu não queria nenhum dos dois, em especifico, eu só queria mesmo um homem de Deus, que buscasse ao Senhor sobre todas as coisas, falasse direito comigo, me tratasse com educação. Não precisava ser perfeito, mas pelo menos, uma pessoa que tivesse estrutura pra ser "o cabeça" de uma família, por mais que eu não vá construí-la agora. Me preparo tanto pra ser coluna, acho que queria alguém que me ajudasse, motivasse, empurrasse pra perto de Deus. Unidos pelo reino, entende?

No meio dessa confusão apareceu uma menina "toda encantadinha" por um dos rapazes, e ele começou a olhar ela com outros olhos e, sim, eu fiquei com ciúme dela.

O segundo rapaz, não me chama a atenção para namorar. A aparência, o modo de ser, e tal. Mas, alguma coisa nele me encanta e por ele me dizer que esta apaixonado por mim, mas que não queria me falar nada ainda porque ele queria aprender a me amar antes, porque não queria ser movido à paixão.

Comecei a cogitar a hipótese...

Ele nunca beijou ninguém, nunca fez nada, e ele tem 20 anos! Isso é L I N D O, eu expliquei que eu não esperei como deveria que ele podia esperar alguém que tivesse esperado também, afinal, seria justo, né? Mas ele disse que não se importava com isso.

Enfim, to me sentindo o cúmulo da falta de espiritualidade e conhecimento da palavra. Estou me sentindo a pior das carnais, por ter deixado isso virar uma dúvida na minha cabeça.
Entendeu tudo? Espero que sim. Muito obrigada pela paciência de ler, perdão pela incredulidade, falta de maturidade, fé, conhecimento bíblico.

Obrigada, mesmo, a paz.
W.R


Querida do Senhor, paz.

Não se martirize por querer namorar. Namorar faz bem. É parte da vida que precede ao casamento. É no namoro que passamos a conhecer a pessoa que teremos para o resto da vida.

Você não vai amar alguém da noite para o dia. Amor é mais que sentimento. Amor é atitude. Você gosta do jeito de alguém, vê que ele é um rapaz serio e comprometido com Deus e aí abre seu coração para amar. Rega essa plantinha todo dia. Amor não é paixão. Paixão é carne, é tesão. E tesão passa.

Amor é atitude, por isso em dias ruins não se acaba porque você decidiu amar.

Defina seu foco. Não atire para todo lado.

Se você está confusa entre dois, então ainda não esta preparada para começar algo com alguém. A pessoa não pode ser uma segunda opção ou ter um reserva caso o primeiro não dê certo. Ela precisa ser o foco, o alvo, o motivo das orações.

Saiba aproveitar o tempo de solteiro. Ele não volta mais. Mas nem por isso você precisa ficar de braços cruzados. Esteja receptiva, quem sabe o amor não acontece?

Mas algumas dicas são importantes:

1 - Como saber se é o homem da sua vida?
Isso só o tempo dirá. Então não comece namorando ou orando com a pessoa. Comece conhecendo. Se torne amiga dele. Deixa a amizade florescer. Veja os pontos em comum e note se os pontos discordantes podem ser suportados. A amizade é essencial para o companheirismo.

2 - Quando começar?
A amizade já está desenvolvida? Viu que o coração começou a bater mais forte, aí sim é tempo de sentarem e conversarem juntos sobre um próximo passo. Dediquem tempo de oração JUNTOS. Você e ele (orem um COM o outro). Se o sentimento aumenta e a relação tem sido depositada aos pés do Senhor então é resposta pra você, mas se vocês continuem se vendo apenas como amigos, não precisam forçar a barra. São Amigos e só.

3 - Não olhe para os lados
Se você tem alguém em mente é esse alguém e só ele. Não esteja orando com um e vendo outras possibilidades porque assim quem vai correr o risco de não ser de Deus pra ele é você. (sinceridade total)

Ciúmes a gente tem mesmo. Principalmente quando se perde algo, mas não confunda amor com sentimento de posse. Isso empaca nossa vida.
Passado é passado. Arrependeu? Pediu perdão e abandonou o pecado? Bola pra frente que quem te segura é só Cristo e se Ele quiser.
No mais, seja feliz.

Na paz d’Aquele que tem prazer em relacionamentos sadios.

 

Por Felipe Heirerich

veja também