MENU

Papo aberto: Masturbação

Papo aberto: Masturbação

Atualizado: Segunda-feira, 25 Julho de 2011 as 3:40

Olá xará primeiramente queria te parabenizar, pelos estudos e áudios, pois são bastante edificantes tu és muito abençoado.

Mas o principal motivo de mandar essa mensagem pra te é por que vejo você como um grande homem de Deus e talvez tu possa me ajudar. Tenho 22 anos e congrego em uma igreja aqui em Salvador-Ba já vai fazer 2 anos que me converti, e ao longo desse tempo o Senhor tem me limpado e me transformado de gloria em gloria de várias imperfeições. Porém tem um pecado que sempre caio que é a masturbação isso não acontece freqüentemente se comparado a há minha vida antes de me converter o que achava natural, mas em fim, uma vez ou outra sempre caio. Já confessei isso ao Senhor, mostrando-o a minha fraqueza, mas não consigo me libertar e depois sempre mim sinto mal e indigno da tua graça, mas deve ser remoço, pois se fosse arrependimento não o praticava mais, confesso também que muitas das vezes que isso acontece é na tentativa de manter o meu namoro em santidade e puro o que até tem ocorrido, mas de que adianta se eu me contamino sozinho. Em fim precisava desabafa isso com você e apesar de não te conhecer o Senhor tem te usado muito pra edificar minha vida. Por favor, ore por mim.

Desde já muito obrigado e que Senhor continue te agraciando em sabedoria e amor,

FL

  Filhão, graça e paz, Obrigado pelo carinho e por confiar a mim esse “desabafo”... sei que deve ser algo que tira o seu sono.

É importante saber que você tem um pênis. E além de fazer “xixi” ele também foi criando para gerar prazer e gerar vida. Todo homem passa ou já passou por problemas com masturbação. Isso é uma realidade, e não dá pra fingir o contrário. Não dá pra simplesmente em um determinado momento da nossa vida, onde não estamos casados, fingir que o corpo adormece... seria o mesmo que fingir que posso tirar o “piu-piu” e guardá-lo para usar somente após o casamento. NAO DÁ!

Essa dificuldade é uma GRANDE DIFICULDADE principalmente em jovens como você, na sua idade.

Mas o que fazer diante disso? Vamos encarar o problema de frente?

O Senhor olha para você a cada vez que você se masturba e entende suas limitações. Está disposto a te ajudar a cada dia para que isso fique cada vez menos freqüente, até que nesta luta entre carne e espírito, o espírito possa vencer... e é uma luta mesmo!

Quer uma dica? Acabou de se masturbar, já bateu o arrependimento? Dobre seu joelho ali mesmo onde você está e fale com Deus. Diga Ele que você entrega a Ele o seu corpo e quer ajuda para vencer a cada dia.

Chegou num dia e não agüentou e masturbou de novo? Fale com Deus de novo, não espere tomar um banho ou, fique se escondendo por vergonha de Deus... Ele viu, então abra o coração com Ele.

E claro, não deixe esse problema evoluir. A partir do momento que a masturbação envolve sexo com outra pessoa, o problema aumenta. Não sabemos se a outra pessoa tem a mesma estrutura de arrependimento ou de força para continuar... e se vierem os filhos? Eita Jeovah!

Você é humano, eu sou humano, e Deus sabe disso. O importante é pra onde olhamos e onde queremos chegar (Estatura de Varão Perfeito).

Oraremos por você.

Na Paz dAquele que vê nossas limitações, que criou o sêmem, e mesmo assim nos chama de Filhos,

Felipe Heiderich é graduado em Teologia pela Faculdade Teológica Seminário Unido - RJ, escritor, conferencista e pregador. Twitteiro de plantão. Escreve artigos e ministra palestras para jovens, promovendo reflexões sobre espiritualidade e cotidiano.

Twitter: @felipeheiderich

Site: http://www.felipeheiderich.com/

E-mail: [email protected]

veja também