MENU

Papo Aberto: Meu namorado me estuprou

Papo Aberto: Meu namorado me estuprou

Atualizado: Quarta-feira, 27 Julho de 2011 as 4:38

Bom, nem sei bem como começar... mas vamos lá...

Sou convertida desde 1999 (hoje tenho 24 anos) e em 2005 comecei a me relacionar com um rapaz (não crente) que foi apresentado por uma amiga crente (na época e única que eu tinha, crente) e acabei achando que podia convertê-lo. (coisas que já venho tentando trabalhar depois que comecei a ler os seus textos).

No começo ele foi super acessível, ia a igreja, me pediu uma Bíblia... sua família aceitou enfim...

Nesse tempo tive um problema de saúde e acabei internada, juntou com a separação dos meus pais enfim, sei que minha mãe teve que segurar o barco sozinha. Durante a minha internação, uma colega da família foi me visitar, ela que é espírita conversou com a minha mãe e acabou levando minha mãe ao centro espírita. NENHUMA irmãzinha da igreja apareceu pra dar força a ela... as poucas vezes que eu estava acordada já via minha mãe chorando... Ela dizia que acha que não foi muito aceita depois que se tornou ''divorciada'' na igreja que freqüentávamos. E decidiu por 'ser espírita'. Aquilo foi um baque pra mim, mas acabei tomando as dores por ela e fui tb, mas não consegui ficar por muito tempo.

Nesse período meu namorado aproveitando a minha fragilidade foi mostrando que ele realmente era. Uma pessoa violenta e sem nenhum escrúpulo... Ao sair da internação, minha família toda estava encantada com ele, como ele me tratava bem e tals... Mas não sabiam que ele era um violento.

Eu que passei a minha vida inteira tentando me preservar para um homem só, o homem que fosse casar comigo acabei tendo que agüentar violência sexual por quase 3 anos.. Aí vc me pergunta: minha filha pq vc não terminou e não denunciou? O Sr. a de convir que alem de ser constrangedor (tenho muuitos policiais na família, ia ter que me expor) ele era 2x mais alto e mais forte. Mas com muita luta consegui terminar.

Ele ainda me perseguiu na faculdade, em casa... eu não podia sair sozinha. Ele me ameaçava... mas enfim...hoje ele casou e não sei 'que fim ele teve'' depois disso.

Acontece amado que eu nunca mais consegui perdoar igreja nenhuma sabe?! Pq nunca mais consegui colocar minha família nos eixos... minha mãe não volta pra igreja nem mortaaaa (eu ainda vou alguns domingos em outra que conheci), mas eh difícil sabe?! não permito que ninguém se aproxime pq não me acho digna de ninguém.. me sinto suja e tenho magoa demais em mim. Já tentei me relacionar com um crente, mas sempre que chega no assunto sexualidade... perco o meu controle e termino...!!!

Vejo suas palavras tão seguras... mas eu oro e não consigo achar essa segurança em Deus sabe?! Queria muito ter a certeza que o Sr parece ter quando escreve, que podemos vencer o 'assombro' do passado e seguir em frente!! Mas eu não consigo nem se quer ME perdoar, imagine quem fez isso comigo... Aí não da!

Agora por favor, me diga... como faço pra recuperar a paz do Senhor na minha vida?!

Fico confusa com tudo isso. Sei que devo perdoar... como sei tb que preciso trabalhar minha timidez!!! Mas to perdida sabe?! Confusa, um dia eu oro e acho que vou superar no outro dia eu não levanto da cama e lembro de tudo que já aconteceu.

Por Deus, me ajude!! Ore por mim!!!

Que Deus continue usando vc com essas palavras tremendas... e quem sabe um dia tudo isso não passe e vc possa ter noticias desse pequeno 'inferno' que se tornou a minha cabeça. Abraço!

A.S

Menina de Deus, que pesadelo!

Se eu estivesse escrevendo seu e-mail, ao final ao invés de abraços eu diria: “com lágrimas” porque realmente é uma história de muita dor, inda mais você sendo tão jovem e com uma vida inteira pela frente. Que bom que nós temos a disposição um especialista em dores... Vamos chamar Jesus para participar deste momento! Ele tá ansioso para entrar nesta história.

Antes de tudo vamos falar sobre namorar não cristãos? Tenho que entrar neste assunto, até porque outras meninas se identificam com o seu relato.

Sempre vejo a argumentação: “Na Bíblia Deus incentivou OSEIAS a casar com uma não crente e por isso ele falou comigo e me apóia!”

Eu sempre digo o seguinte: “Você já leu a história de Oséias toda? Está disposto a passar por tudo que Oséias passou? Você sabia que Oséias foi corno várias vezes e que há dúvidas que o filho dele (NÃO MEU POVO) fosse realmente dele? Se quer usar a desculpa de Oséias então esteja disposto a viver a vida de Oséias.”

- Mas eu conheço alguém que deu certo!

Eu digo: eu conheço milhares que não deram, quer arriscar?

O Casamento não é só físico e sexual, é espiritual também. Vocês passarão a ser um só, e, se não servem ao mesmo Deus uma grande parte ficará incompleta!

Mas vamos ao seu e-mail:

Lamento profundamente por você ter encontrado um homem que não honra as calças que veste. A Bíblia nos diz que: se um homem não trata bem a sua esposa, ele não precisa nem orar porque Deus não vai atender (1 Pedro 3:7). Então qualquer homem que precise gritar, bater, ameaçar ou usar a força para mostrar sua masculinidade diante da mulher, na realidade tem um sério problema consigo mesmo e com Deus... só não tem problemas com o diabo, porque ta fazendo tudo que ele gosta.

A igreja é lugar de pessoas que erram, como eu e você. Somos humanos e muitas vezes machucamos muito uns aos outros. Eu já feri e já fui ferido. Oro hoje para que eu não venha a ferir mais ninguém. Quanto a ser ferido, a única coisa que posso pedir é que Deus me faça forte e me ajude a resistir aos ferimentos, porque ele virão, é fato!

Contudo, as ações desses irmãos não representam as ações de Jesus. Imagino o quanto Jesus chorou ao ver tudo o que fizeram com você o quanto os Seus braços continuam abertos para te abraçar e dizer que te ama independente do que você fez ou do que fizeram com você. O Amor de Jesus não diminuiu. Não interessa o quanto você continue a pecar, Ele continua a te amar!

Foi pela insistência de Jesus em me amar que eu aprendi a receber o seu amor.

Pare de cobrar de você que você tem que perdoar que você tem que esquecer! Nós somos carne e ossos, temos sentimentos, não dá para apagar um fato assim da noite para o dia. O mais importante a se fazer é entender o amor e receber o amor de Jesus. Ao se permitir isso, as outras coisas vão sendo tratadas, aos poucos, na hora certa, cicatrizando, expulsando todo o vírus, o pus e o mau cheiro que um sentimento de magoa gera em cada um de nós!

Se não se sente bem para um novo relacionamento, espere! Não se cobre com isso. Quando entramos num relacionamento muito machucado, nós acabamos nos ferindo ainda mais.

Não teve apoio da igreja? Existem outras, na realidade existem milhares de igrejas no Brasil, quase uma em cada esquina e uma coisa também é fato, existem muitos cristãos sérios, homens e mulheres de Deus que foram transformados por Ele e podem ajudar.

Não caminhe sozinha. Caminhar sozinho, além de ruim, é perigoso. Se você cair, quem vai ajudar a levantar e passar “merthiolate” (que agora não arde mais e é incolor, tinha que ver como era na minha época – terrível) nos arranhões?

Deus separou um homem com “H” maiúsculo para você. Que vai te amar, respeitar e entender todo o seu passado. A Bíblia nos diz que “a posse da bênção antes da hora é ruim.” (Pv 20.21) então ESPERE.

Você não é responsável pela destruição da sua família. Desculpe te informar isso, mas seus pais são bem grandinhos e sabem o que fazer. Sua responsabilidade está em orar por eles e eu gosto de um versículo que diz: “Eu e minha casa SERVIREMOS ao Senhor”. Serviremos é uma conjugação verbal futura. E é um futuro perfeito! O “serviremos” ainda acontecerá, eu creio!

Todos nós fazemos besteira na vida, então engole o choro, coloca um sorriso no rosto, agradece a Jesus que te livrou de um “traste”, e segue o caminho. O passado não dá pra mudar, mas nós podemos optar em deixar o passado no passado ou vivermos atormentados com ele dia após dia.

E só uma dica final: Jesus te perdoou, foi Ele que morreu na cruz por você, não fui eu, foi Ele. Ele que morreu e sofreu resolveu te perdoar, então não deixe que ninguém a oprima te acusando e este ninguém inclui você!

Quando quiser, escreva!

Na paz dAquele que usa nossas lágrimas para regar o deserto e transformá-lo num manancial,

Felipe Heiderich é graduado em Teologia pela Faculdade Teológica Seminário Unido - RJ, escritor, conferencista e pregador. Twitteiro de plantão. Escreve artigos e ministra palestras para jovens, promovendo reflexões sobre espiritualidade e cotidiano.

Twitter: @felipeheiderich

Site: http://www.felipeheiderich.com/

E-mail: [email protected]

veja também