MENU

Soneto à Amada

Soneto à Amada

Atualizado: Quarta-feira, 27 Junho de 2012 as 9:10

Onde será que estás minha amada?
Por onde andas, onde caminhas?
Será que pensas em mim?

Como serão teus cabelos, minha amada?
Como se agitam ao vento, que cor ele terá?
Como serão os teus olhos minha amada?
E que brilho terão quando olhares pra mim?!

Onde tu estás minha querida amada?
O que fazes? O que pensas?
Será que oras por mim?

Quero encontrar-te e amar-te minha amada
O coração de Deus é o lugar onde me encontro
Aqui te procuro até encontrar-te
Vem ao meu encontro, pois amo amar-te.

Soneto é uma forma de poesia composta que 14 versos (duas estrofes de 3 linhas e duas estrofes de 4 linhas) que dedico a minha amada que ainda não conheço, mas que já é amada por mim e sempre lembrada entre um suspiro e uma oração.

por Pr. Felipe Heiderich

veja também