Ano novo, promessas antigas, nenhuma mudança

Nesse momento de reflexão começamos a imaginar o que nos traria alegria duradoura e é comum fazermos muitas promessas a nós mesmos e também a Deus para que o ano que se inicia se transforme no melhor ano de nossas vidas.

Fonte: Guiame, Frank MedinaAtualizado: segunda-feira, 4 de janeiro de 2016 18:49

"Por isso, quando você conversar com Deus e fizer uma promessa, não se demore em cumprir o que prometeu, porque Deus não se agrada dos tolos. Cumpra sempre as promessas que fez a Deus. É muito melhor não prometer e fazer alguma coisa do que prometer e depois não cumprir. Quando isso acontece, a sua boca fez você pecar..." (Bíblia Viva - Eclesiastes 5: 4 a 6)

Queridos, tudo bem?

Que o amor de Deus a graça e paz de Jesus Cristo e a comunhão do Espírito Santo esteja contigo e com todos os que você ama no dia de hoje e para todo o sempre.

Fim de ano é sempre um momento muito especial, somam-se as festas, as férias, o verão (no hemisfério sul) e principalmente, a esperança pelo novo ano que virá e vemos e, porque não, sentimos uma atmosfera de alegria, a vontade de fazer algo a mais, etc. Tudo isso é bom, é gostoso a sensação, mas o que tem acontecido é que esse momento, infelizmente, tem prazo de validade determinado e muito curto.

Nesse momento de reflexão começamos a imaginar o que nos traria alegria duradoura e é comum fazermos muitas promessas a nós mesmos e também a Deus para que o ano que se inicia se transforme no melhor ano de nossas vidas, mas que fique claro e registrado, promessas e esperanças não mudam a nossa situação, o que muda as nossas vidas são as atitudes que tomamos, e é sabido por nós mesmos, são vários anos novos que temos de experiência, que sozinhos não conseguimos mudar nada em nossas vidas, precisamos de atitude para mudar, mas essa atitude deve ser somada a vontade do Senhor nosso Deus para que realmente ocorra a mudança que tanto temos anseio, e é na Palavra de Deus encontramos as respostas que tanto buscamos:

“Quando o Senhor restaurou a sorte de Sião, ficamos como quem sonha. Então, a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua, de júbilo; então, entre as nações se dizia: Grandes coisas o Senhor tem feito por eles. Com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso, estamos alegres”. (Salmos 126: 1 a 3) E mais:

"Esperei com paciência pelo Senhor, e Ele se inclinou para mim e ouviu o meu clamor. Também me tirou duma cova de destruição, dum charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos. Pôs na minha boca um cântico novo, um hino ao nosso Deus; muitos verão isso e temerão, e confiarão no Senhor. Bem-aventurado o homem que faz do Senhor a sua confiança, ...” (Salmos 40: 1 a 4)

Apenas o Senhor nosso Deus tem condições de restaurar as nossas vidas, apenas Ele nos dará condições de experimentar uma mudança que realmente trará alegria duradoura a nossas vidas, somente Ele poderá nos tirar das dificuldades que enfrentamos nessa vida, e estará ao nosso lado durante todo o processo doloroso que teremos que passar, o Senhor Jesus Cristo nos disse:

“Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo“. (João 16: 33) Ele também nos disse:

“…Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância“. (João 10: 10)

Mesmo que as situações pareçam impossíveis de se resolver, a Palavra de Deus nos traz o conforto necessário para vencermos as nossas lutas e dificuldades, senão veja o que Jesus Cristo nos diz:

“Vinde a Mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve”. (Mateus 11: 28 a 30)

Te convido a nesse início de novo ano deixar as promessas vazias de lado, pois assim como diz o texto base (Eclesiastes 5) muitas vezes prometemos ao Senhor coisas que não cumprimos e com isso estamos apenas trazendo maldições para as nossas vidas. Creia, a maior alegria do nosso Deus é nos ver dependentes totalmente dEle e para isso precisamos para de prometer as coisas, e começar a agir conforme a vontade de Deus com uma total transformação nas nossas vidas, a Palavra de Deus nos exorta a essa total transformação:

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12: 1 e 2)

Esqueça, meus queridos, as tentativas de buscar a felicidade com as coisas que esse mundo oferece e comece, de verdade, a viver o que Deus oferece, e tenha a certeza Ele oferece tudo o que precisamos, mas no momento dEle e não no nosso. O segredo para isso é simples demais, não irá nos requerer um esforço difícil, irá requerer apenas o nosso comprometimento de servir o Reino de Deus e a sua justiça, fazendo isso o Senhor Jesus Cristo nos promete:

"Mas buscai primeiro o Seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." (Mateus 6: 33) e encontramos mais na Palavra de Deus:

“Deleita-te também no Senhor, e Ele te concederá o que deseja o teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e Ele tudo fará.” (Salmos 37: 4 e 5)

Tudo isso aqui escrito é para divulgar a Palavra do nosso Deus e levar a vontade dEle ao maior número de pessoas possível, que Deus através destas palavras possa mostrar a quem lê, a Sua “...boa, agradável e perfeita vontade...” (Romanos 12: 2), tudo isso em nome do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Para refletir;

"Busquem ao Senhor enquanto podem achar. Peçam sua ajuda, enquanto Ele está perto... Porque assim como o céu é mais al­to que a terra, os meus caminhos são mais altos que os seus caminhos, e os meus pensamentos mais altos que os seus pensamentos”. (Bíblia Viva - Isaías 55: 6 e 9)

Deus te abençoe e a todos na sua família.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições