Diário de Viagem: Muro das Lamentações

O pedido do Rei Salomão ecoa até hoje no coração de Deus.

Fonte: Guiame, Joel EngelAtualizado: segunda-feira, 29 de junho de 2015 18:51
Ap. Joel Engel esteve no Muro das Lamentações, durante viagem à Israel. (Divulgação)
Ap. Joel Engel esteve no Muro das Lamentações, durante viagem à Israel. (Divulgação)

 

Por que muitos judeus oram no Muro das Lamentações? 
Porque quando Salomão concluiu a construção do templo, ele orou pedindo ao Senhor que Ele ouvisse e atendesse aos pedidos feitos ali. O rei foi além: pediu também a Deus que Ele ouvisse seus filhos até quando estivesse em outro país, pelo simples fato de eles estenderem as mãos em direção a esse templo.

"Que os teus olhos estejam dia e noite abertos sobre este lugar, de que disseste que ali porias o teu nome; para ouvires a oração que o teu servo orar neste lugar. Ouve, pois, as súplicas do teu servo, e do teu povo Israel, que fizerem neste lugar; e ouve tu do lugar da tua habitação, desde os céus; ouve pois, e perdoa (...) Quando também o teu povo Israel for ferido diante do inimigo, por ter pecado contra ti, e eles se converterem, e confessarem o teu nome, e orarem e suplicarem perante ti nesta casa, então, ouve tu desde os céus, e perdoa os pecados do teu povo Israel; e torna a levá-los à terra que lhes tens dado e a seus pais. Quando os céus se fecharem, e não houver chuva, por terem pecado contra ti, e orarem neste lugar, e confessarem teu nome, e se converterem dos seus pecados, quando tu os afligires, então, ouve tu desde os céus, e perdoa o pecado de teus servos, e do teu povo Israel, ensinando-lhes o bom caminho, em que andem; e dá chuva sobre a tua terra, que deste ao teu povo em herança. (...) Assim também ao estrangeiro, que não for do teu povo Israel, quando vier de terras remotas por amor do teu grande nome, e da tua poderosa mão, e do teu braço estendido, vindo eles e orando nesta casa; Então, ouve tu desde os céus, do assento da tua habitação, e faze conforme a tudo o que o estrangeiro te suplicar; a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome, e te temam, como o teu povo Israel; e a fim de saberem que pelo teu nome é chamada esta casa que edifiquei. (...) Agora, pois, ó meu Deus, estejam os teus olhos abertos, e os teus ouvidos atentos à oração deste lugar."
2 Crônicas 6:20-21; 24-27; 32-33;40

Em 2 Crônicas, capítulo 7, Deus responde sim ao pedido de Salomão e prometeu estar com Seus olhos sempre voltados para aquele lugar.

E o Senhor apareceu de noite a Salomão, e disse-lhe: Ouvi a tua oração, e escolhi para mim este lugar para casa de sacrifício. Se eu fechar os céus, e não houver chuva; ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra; ou se enviar a peste entre o meu povo; E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração deste lugar.
2 Crônicas 7:12-15

Em 1996, a cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, passou por uma seca terrível. Deus me desafiou a fazer uma caminhada para pedir a chuva dos céus. A orientação dada pelo Pai era de levar comigo pessoas que fossem dizimistas e ofertantes. Consegui 39 pessoas dispostas e com fé. Ao começarmos a caminhada de oração naquela cidade, nos primeiros 50 metros, Deus já mandou a chuva. Era uma chuva fina, mas durou um bom tempo. Depois tivemos a notícia de que nas cidades vizinhas e em mais de 300 municípios que estavam sofrendo com a seca não caiu nenhuma dota d'água.

À noite fui para o monte e li essa passagem da oração de Salomão. De acordo com o pedido de Salomão estendi minhas mãos para o Oriente, em direção ao Muro com fé, clamor e fervor. Deus ouviu a minha oração naquele dia e mandou a chuva na nossa região, em nome de Jesus.

Então, as orações feitas nesse muro ou em direção a ele, tem essa marca. Por isso, nós oramos aqui e apresentamos nossas orações nesse muro que é o que restou do templo naquela época. 
Oramos nesse lugar também por cada intercessor e cada pessoa que ofertou por essa viagem.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições