MENU

O propósito de Deus também se cumpre entre os coadjuvantes

No cinema da vida, Deus escolheu um papel para cada um e os capacitou a isso. Seja na frente ou atrás dos palcos.

fonte: Guiame, Melina Botteghin

Atualizado: Quinta-feira, 2 Janeiro de 2020 as 11:42

(Foto: Dreamstime)
(Foto: Dreamstime)

Quem é fã de cinema sabe que as personagens principais sempre são as mais marcantes, melhor pagas, e normalmente ocupam boa parte do cartaz de divulgação.

Claro! Elas estão em evidência, no palco da fama, na frente do público, recebendo o Oscar. Mas você já parou para pensar que por trás de uma personagem bem sucedida está uma série de diretores, atores, produtores, treinadores, dublês que muitas vezes não aparecem no cartaz? 

O que seria de Aladdin sem seu macaco Abu? Ou de Ariel sem o peixe Linguado? Ou quem sabe de Cinderela sem a fada madrinha? 

Brincadeiras a parte, eu quero hoje conversar com você sobre papéis.

Escuto muitos pregadores dizerem que quando você está no “centro da vontade de Deus” você está em evidência e Deus te exalta em plenitude e há um romper maluco da parte de Deus. Eles alegam que você sempre será cabeça e não cauda e que estará por cima e não por baixo... E aí vai...

E isso tudo seria lindo se... Deus não tivesse plano também em ser cauda. Nossa importância não é medida pela nossa fama. 

Primeiramente eu não creio que haja um “centro” da vontade do Senhor. Ou você está DENTRO da vontade dEle ou não está. Deus não é um Deus de muros ou de beiradas. Ele é um Deus de totalidade. E em segundo lugar se eu pensar dessa maneira, um gari, uma empregada doméstica, um porteiro ou uma garçonete jamais estariam nesse lugar quando na verdade eu creio que eles possam estar mais DENTRO da vontade do Senhor do que muitos pastores famosos.

A grande verdade é que no cinema da vida, Deus escolheu um papel para cada um e os capacitou a isso. Seja na frente ou atrás dos palcos.

O livro de Ester nos conta:

“Quando a ordem e o decreto do rei foram proclamados, muitas moças foram trazidas à cidadela de Susã e colocadas sob os cuidados de Hegai. Ester também foi trazida ao palácio do rei e confiada a Hegai, encarregado do harém. A moça o agradou e ele a favoreceu. Ele logo lhe providenciou tratamento de beleza e comida especial. Designou-lhe sete moças escolhidas do palácio do rei e transferiu-a, junto com suas jovens, para o melhor lugar do harém.” ‭‭(Ester‬ ‭2:8-9‬)

Ou eunuco nunca subiu ao trono, mas foi usado por Deus para colocar Ester lá. Papéis diferentes com a mesma importância diante do Senhor. 

Quem foi o pastor de Billy Graham? Ou seu melhor amigo na fé? Eu não sei quem o discipulou, talvez essa pessoa jamais pregou numa Igreja lotada, mas o papel dele foi ajudar na formação de alguém que pregaria para estádios lotados.

Você é único, e o seu chamado também é.

Deus não te colocou aí, no lugar em que você se encontra, sem um motivo. Então, ao invés de esperar seus cinco minutos de fama gospel, viva 24 horas da vontade de Deus para você. 

Descubra sua identidade. 

Deus levanta sim “Billy Grahams” mas Ele também levanta menininhas da qual nem sabemos o nome para trazer salvação para uma nação como fez com Naamã (2 Reis:5)

Deus levanta “Joyce Meyers” mas também levanta altares dentro do seu escritório e abençoa as pessoas com as quais você trabalha sem palco ou luzes coloridas.

Pregar para um milhão de pessoas no YouTube tem a mesma importância para Deus do que sentar em uma praça e compartilhar a palavra com um morador de rua.

Romper não é ter fama. Romper é viver o seu papel. Seja pregando ou limpando a igreja no final do culto. Diante de Deus todos são indispensáveis e no cinema da vida, o diretor, que é Cristo, sabe o que é melhor para nós.

Por Melina Botteghin, publicitária e estudante de Teologia. Esposa, mãe e missionária por vocação.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Raízes profundas geram árvores fortes

veja também