MENU

Barreiras que impedem a resolução de conflitos...

Barreiras que impedem a resolução de conflitos...

Atualizado: Segunda-feira, 14 Maio de 2012 as 2

Umas das maiores barreiras para resolver qualquer conflito é a bagagem emocional que se acumula no caminho, sentimentos como raiva, desconfiança, ciúme, depressão e medo. Tais sentimentos podem frequentemente ser expressados abertamente, outras vezes, sentimentos como esses ficam em "banho-maria" e conduzem a calúnias pelas costas, sabotagem e elaboram esquemas de vingança.

Nenhuma situação difícil pode ser resolvida com sucesso enquanto as emoções forem um obstáculo. Como você pode trazer sentimentos inconscientes à tona, a fim de poder trabalhar com eles?

Observe quando você tem reações inexplicavelmente fortes e depois tente descobrir a razão de você sentir da maneira que sente. Se você aprender como fazer isso, terá uma habilidade com a qual poderá contar sempre que precisar trabalhar com sentimentos escondidos. Comece indo a um lugar tranquilo e tente relaxar. Então, quando você estiver completamente relaxado, faça algumas perguntas a si mesmo sobre a situação difícil e sua reação a ela:

Existe alguma coisa nessa situação que me deixa desconfortável?Como eu realmente me sinto com relação às outras pessoas envolvidas?Eu estou sentindo raiva? Ressentimento? Medo?Qual a intensidade de meus sentimentos?Qual a importância deles para mim?Não tente responder a essas questões usando a lógica; apenas deixe as respostas virem para você em seu estado relaxado. Talvez as respostas venham como imagens vistas pelos olhos de sua mente, como uma projeção. Ou quem sabe como mensagens ditas por uma voz interior. Use um caderno para anotar o que você está vendo ou ouvindo, ao mesmo tempo em que a experiência está ocorrendo ou fale em um gravador. O ponto principal é tentar extrair de sua consciência uma imagem clara do que você está sentindo e por quê; desse modo, você poderá usar esse conhecimento para decidir como controlar e melhor lidar com esses sentimentos. 

 

Por Prof. Menegatti

veja também