MENU

Pesquisas, números e compras...

Pesquisas, números e compras...

Atualizado: Terça-feira, 23 Outubro de 2012 as 9:15

 

O mercado brasileiro será o terceiro entre os que mais contribuirão para o crescimento do consumo no mundo nos próximos cinco anos. Pensando nisso, achei algumas informações que julgo interessante avaliarmos:
 
65% dos homens comprarão o jeans que experimentaram no provador.
 
25% das mulheres que fizeram o mesmo comprarão.
 
04% das pessoas que passeiam aos sábados em uma loja de computadores, antes do meio-dia, comprarão.
 
21% comprarão se passarem por ali após as dezessete horas.
 
08% dos clientes em uma loja de um shopping usam as cestas de compras da loja.
 
75% que usam cestas acabam comprando alguma coisa.
 
34% compram sem cesta
 
Mulheres: Numa recente pesquisa uma mulher gasta, em média, oito anos de sua vida fazendo compras. Ver itens para a casa e manter a família alimentada e vestida representam 301 saídas para fazer compras.
 
Homens: Sempre consideramos as mulheres compradoras profissionais, enquanto os homens são "os amadores", que compram supérfluos e não têm o menor interesse por essa atividade. Mas vejam só que interessante: no período de cerca de uma década, entre uma pesquisa e outra, a presença de homens comprando subiu de 15% para 32%, ou seja, mais do que dobrou. Pode ser até que ainda não saibamos comprar, mas estamos tentando bastante e com maior frequência.
 
Unisex: As tintas de parede fora do Brasil receberam o nome de gurus do estilo de vida, como Ralph Lauren. A tinta evoluiu de ferragem para moda, tudo porque as mulheres se envolveram. Os homens só pintam as paredes quando estão descascando. As mulheres o fazem quando elas, não as paredes, precisam de uma reforma.
 
 
por Prof. Menegatti

veja também