MENU

VI Parte CGC: Comunicação Gerada Pelo Cliente

VI Parte CGC: Comunicação Gerada Pelo Cliente

Atualizado: Segunda-feira, 2 Abril de 2012 as 12:59

6. ESTRATÉGIA: você usa as ferramentas certas para ouvir seu cliente?

Antes da internet, a propaganda boca a boca era local e passageira.  O boca a boca on-line, ao contrário, deixa um rastro digital duradouro e possibilita milhões de clientes se comunicarem em tempo real. A boa notícia é que essas conversas podem e devem ser monitoradas pelas empresas e o melhor ainda é que, existem ferramentas gratuitas na internet que podem ajudar a fazer isso, são elas:

WEB: www.google.com.br, 
BLOG: www.blogsearch.google.com.br, 
VÍDEO: www.video.google.com.br e www.youtube.com, 
FOTO: flickr.com.br e www.google.com.br/images.

Uma das ferramentas que achei mais interessante é o Google Alertas -http://www.google.com/alerts. Ao digitar, por exemplo, “Prof. Menegatti” e clicar em “visualizar resultados”, a ferramenta busca todas as atualizações que foram feitas, ou seja, eu sei tudo o que falaram e quem falou. Você poderá acompanhar também a evolução de uma notícia, o que estão dizendo sobre o seu produto, monitorar um concorrente ou um segmento.

O que é importante você saber sobre o que estão falando de você:

Quanto ao Criador: quem é o autor? Ele é uma pessoa de credibilidade? Seus comentários são confiáveis? 

Quanto a Origem: onde os comentários estão sendo publicados? 

Quanto ao Tema: que assuntos específicos estão sendo discutidos? 

Quanto a Opinião: até que ponto as mensagens são favoráveis ou desfavoráveis? 

Quanto a Quantidade: quantos comentários existem a respeito da sua empresa? 

Quanto a Abrangência: qual a profundidade da exposição? 

Quanto a Rapidez: qual o nível de virulência do assunto ou dos comentários?

A quantidade de informações mensuráveis na web é quase ilimitada, mas nem tudo o que é mensurável tem valor. As empresas precisam se concentrar na Comunicação Gerada pelo Cliente referente a essas perguntas, pois essas informações servem como base para as melhores decisões em todos os aspectos da organização.

 

Por  Prof. Menegatti

veja também