MENU

Estamos preparados para nos encontrar com o Senhor?

Estamos preparados para nos encontrar com o Senhor?

Atualizado: Sexta-feira, 1 Fevereiro de 2013 as 9:26

 

“Vigiai, pois, porque não sabeis em que dia vem o Senhor; sabei, porém, isto: se o dono da casa soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar sua casa” (Mt 24.42,43)
 
“O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir...” (Jo 10.10a)
 
Ainda estamos impactados com as últimas notícias veiculadas em todas as redes de TVs e jornais: O grande incêndio em uma boate no Sul do país, que vitimou mais de duas centenas de jovens. A maioria comemorava a conclusão de seus cursos universitários e outros acompanhavam seus amigos.
 
Creio que na mente desses jovens sequer passava a ideia de se tratar da última noite de suas tenras vidas. Aliás, são raros os jovens que se conscientizam de que a vida é efêmera. Naquele momento o importante era curtir, e para isso, bebidas alcoólicas e anfetaminas cooperaram para aumentar a sensação de prazer e liberdade.
 
Enquanto vivemos neste mundo não somos eternos. A eternidade começa, sim, quanto esta vida termina. Um dia todos nós nos encontraremos com o Criador. Ou passaremos a eternidade com o Senhor, ou separados dEle. Não há uma terceira alternativa.
 
adoraçãoO Livro do Eclesiastes instrui como nossa juventude deve viver, de modo a agradar a Deus e não ser pegos de surpresa: “Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias...” (Ec 12.1a). O dia mal vem para todos, não apenas para adultos e velhos. A tragédia que se abateu na vida daqueles jovens confirma isto. “Lembra-te do teu Criador” aponta para viver em conformidade com Sua Palavra Viva; ter a mente transformada e renovada pelo Espírito Santo, e não tomar a forma deste mundo influenciado por Satanás e seus demônios (Rm 12.2).
 
Infelizmente a tragédia se abateu no seio de inúmeras famílias. Nenhum pai de família esperava que isto fosse possível de acontecer com seus filhos. Assim como Jesus Cristo advertiu em Mateus 24 sobre a importância da vigilância. Se cada um soubesse o dia em que viria o ladrão, medidas de segurança seriam tomadas. Talvez muitos jovens tivessem comemorado de outra maneira.
 
Jesus nos explica qual o objetivo do “ladrão”: MATAR, ROUBAR e DESTRUIR. O ladrão é o diabo. Podemos afirmar, de acordo com a Palavra de Deus, que tudo o que rouba, mata e destrói é resultado da ação do maligno na vida das pessoas. E esta tragédia teve o dedo dele. O diabo deseja ceifar as vidas e roubá-las de Deus.
 
Não retiro a responsabilidade dos integrantes da banda, que utilizaram sinalizadores com faíscas ou dos donos da boate, pela falta de segurança, mas, com certeza, se os jovens fossem comprometidos com Deus não estariam festejando naquele show de boate, altas horas da madrugada, ingerindo álcool e talvez drogas. Inclusive o fato de alguns jovens estarem sob o efeito do álcool cooperou para que perdessem o senso de direção. Por isso, muitos correram para o banheiro, pensando se tratar da porta de saída. Dezenas de corpos foram encontrados lá.
 
Quando o Senhor Jesus nos explica os objetivos do “ladrão”, Ele também aproveita para nos dizer o dEle: “... eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância” (Jo 10.10b). Ele não é contrário aos jovens serem felizes e festejarem, ao contrário; Jesus veio ao mundo para que desfrutássemos de vida com abundância, mas longe do pecado, pois este nos afasta de Deus (Is 59.2).
 
Precisamos pedir ao Pai para nos sondar, como fez o rei Davi, que pediu para examiná-lo e identificar se estava trilhando caminhos que o afastava de Deus; onde deixaria de desfrutar dos Seus cuidados e segurança: “Vê se há em mim algum caminho perverso, e guia-me pelo caminho eterno” (Sl 139.24). Precisamos nos preparar para nos encontrar com o Senhor!
 
 
Mônica Valentim

veja também