MENU

Somos mais do que uma carinha bonita

Somos mais do que uma carinha bonita

Atualizado: Sexta-feira, 6 Novembro de 2009 as 12

No title "Como jóia de ouro em focinho de porca, assim é a mulher formosa que se aparta da razão" (Pv 11: 22).   

A beleza tem sido cultuada desde que o mundo existe. A própria "criação de Deus manifesta e anuncia a obra de Suas mãos" (Sl 19: 1). Ao terminar cada fase da criação, Ele declarou ser tudo muito bom.      

Eva foi a mulher mais bela e mais perfeita que já existiu na face da terra, pois foi criada sem a participação do homem imperfeito e corrompido. O próprio Deus, em quem habita toda a perfeição, a criou, a partir da costela do homem que era a imagem e semelhança Dele. 

Sua beleza e perfeição infelizmente não foram suficientes para impedi-la de apartar-se da razão, do entendimento, das boas escolhas. E o resultado e as conseqüências todos nós já conhecemos.  

A mulher é muito mais que uma carinha bonita. Existem valores que precisam fazer parte de nossas vidas que nos tornarão muito mais interessantes e atraentes.   

Se todas soubéssemos o grande valor que Deus atribuiu a nós, viveríamos com mais qualidade e intensidade. Não daríamos tanto valor a coisas superficiais que a sociedade valoriza, mas que não trazem realização; muitas vezes conceitos "voláteis"; uma hora é valorizado, outra não.  

Podemos e devemos cuidar do nosso corpo. Ele é o templo do Deus vivente. A própria Palavra de Deus diz: "Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós é santo" (1 Co 3:17).     

Devemos cuidar do nosso corpo por ser habitação do Espírito. Não podemos corrompê-lo com uso de  drogas, alimentação desregrada que contribui para o aumento de peso e surgimento de doenças.   

Não há erro algum em procurar manter-se bela e atraente; afinal, quantas de nós não pensamos em fazer uma pequena reforma na casa ou uma nova pintura para o Natal? Se pensamos em conservar a nossa casa porque não investirmos na nossa aparência?    

Podemos ser belas, mas devemos ser sábias.  

"Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola derriba-a com as suas mãos" (Pv 14:1)     

Observemos que o texto não diz que o homem sábio edifica sua casa, mas a mulher. Apesar de Deus ter determinado ao homem ser o cabeça e líder espiritual do lar, deu à mulher o privilégio de edificá-lo com uma capacitação especial dada por Ele. Ainda tem mais. Ele diz em Provérbios 24: 3, 4: 

"Com sabedoria se edifica a casa [a mulher], e com a inteligência ela se firma; e pelo conhecimento se encherão as câmaras de todas as substâncias preciosas e deleitáveis".   

Podemos começar uma obra mas esta não se firmar. É necessário agir com sabedoria e planejamento para concluirmos o que começamos. Da mesma forma, podemos iniciar um lar mas este não se firmar por falta de objetivos bem determinados e falta de sabedoria na tomada de decisões. Levamos o costume secular de viver de improvisos, quando precisamos tratar algo tão especial  criado por Deus com toda dedicação e investimento.    

Há uma promessa embutida no versículo acima: pelo conhecimento se encherão as câmaras de todas as substâncias preciosas e deleitáveis. Que tipo de conhecimento? Formação acadêmica? Não! Conhecimento das verdades eternas. A vontade de Deus para nossa vida que está em Sua Palavra. Ela é o "manual do fabricante", "O Testamento" que expressa a vontade de Deus para os Herdeiros. Como vou usufruir algo que herdei se não conheço o conteúdo do Testamento?     

Conhecimento é muito mais do que informação. É quando aquilo que aprendo ou me informo começa a fazer parte da minha vida. Deixa de ser mera teoria. Passo a ser praticante, e não somente ouvinte. 

A mulher que teme a Deus já está em larga vantagem sobre aquela que não teme. Até mesmo em relação àquela considerada uma miss. Temer a Deus é respeitar a Sua Palavra. Obedecê-la em primeiro lugar. Esta mulher não se "apartará da razão", como diz o texto de Pv 11: 22. Em algumas traduções diz "apartar da discrição" ou "indiscreta". Nada mais desagradável do que conviver com uma mulher indiscreta, que chama a atenção negativamente por onde quer  que passe. Do que adianta sua beleza se até seu marido se envergonha dela!     

Não devemos nos deixar influenciar pelo que dita a sociedade: Beleza e felicidade a todo custo, mesmo que custem grandes sacrifícios. O recheio do bombom deve ser tão saboroso quanto a camada externa de chocolate.   

Quantas de nós não nos sentimos frustradas por não termos nascido com a cor de olhos X, ou os cabelos Y, como se isto nos tornasse mais especiais que outras. Todas nós somos especiais, pois fomos feitas pelo Pai amoroso que viu em nós a manifestação da Sua Glória, a Sua perfeição. Se para me sentir melhor preciso perder alguns quilinhos; então farei uma dieta e exercícios, mas sem exageros. O que importa é que para meu Pai Celeste sou Sua obra-prima, e de uma coisa não posso me esquecer: "Enganosa é a graça e vã a formosura, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada" (Pv 31: 30).     

Mônica Valentim

Mônica Valentim é pedagoga, com expecialização em Orientação Educacional e Profissional; pós- graduada em Psicomotricidade. Possui especialização em Modificabilidade Cognitiva PEI- Nível I, Jerusalém, Israel. Bacharelanda em Teologia.    

veja também