Repetição: reveja os princípios de Deus

No livro de Deuteronômio, Moisés repete a lei dada por Deus ao povo hebreu.

Fonte: Guiame, Paulo de TarsoAtualizado: quarta-feira, 2 de março de 2022 14:24
(Foto: Pixabay)
(Foto: Pixabay)

Vamos agora começar os estudos financeiros no livro de Deuteronômio. Nesse livro Moisés faz uma repetição da lei para o povo que está às portas da terra prometida.

Isso me faz lembrar uma coisa muito importante para nossa vida financeira: o fato de que precisamos repetir os princípios. Precisamos ser lembrados novamente das verdades espirituais que devem nortear nossa vida financeira.

Isso deve ser feito porque às vezes esquecemos as coisas. Isso é muito comum, e quando esquecemos, precisamos ser relembrados. E para quê? Para podermos praticar. Só saber, só conhecimento intelectual não é suficiente. O tempo passa e esquecemos que o dinheiro não nos pertence.

Você esqueceu? Então vou repetir.

A. O dinheiro não pertence a você.

Você á apenas um administrador de tudo o que pertence a Deus, não o proprietário.

No capítulo 1 de Deuteronômio, Moisés deu ordens para que o povo partisse. Ele disse assim: “Vocês já ficaram bastante tempo neste lugar. Agora saiam daqui e vão caminhando na direção da região montanhosa dos amorreus”. Era hora de conquistar novos territórios, de sair para novas conquistas.

Você quer fazer novas conquistas em sua vida financeira? Então vamos repetir os princípios. Vamos renová-los em nossa mente, pois os princípios não mudam. Eles permanecem verdadeiros em qualquer local onde você esteja, no momento em que você estiver vivendo. Os princípios são poderosos, pois estão pautados na Palavra de Deus.

Neste primeiro capítulo, Moisés também lembrou aos israelitas a necessidade de contar com pessoas sábias e experientes para ajudá-los na tarefa de conduzir o povo. Ele disse: “De cada tribo escolham homens sábios, inteligentes e competentes, para que eu os ponha como chefes de vocês” (Deuteronômio 1.13). Portanto, procure sempre pessoas de caráter, piedosas e que possam dar conselhos financeiros apropriados, lembrando a você os princípios básicos da economia de Deus: relembrar, recordar. Repassar, repetir, repetir sempre.

B. Você vai prestar contas a Deus.

Este é mais um princípio fundamental que precisamos repetir sempre. Cada decisão tem uma consequência. Em Mateus 25.14-30, nos evangelhos, encontramos a parábola dos talentos, que deixa muito claro que cada um de nós prestará contas a Deus pela nossa boa ou má administração. Dê uma olhada ali.

Conclusão

O Deuteronômio é a repetição da lei. Precisamos repetir. Você esquece. Então precisa estudar novamente os princípios bíblicos que devem nortear sua vida financeira. Comece a rever os princípios de ganhar, doar, poupar, livrar-se de dívidas e gastar com sabedoria, ter integridade e buscar conselhos na Palavra de Deus, em oração e com pessoas piedosas e competentes.

Por Paulo de Tarso, pastor, engenheiro e mestre em Teologia. Fundador do Ministério Finanças para a Vida, que ensina pessoas de todas as idades a administrar o dinheiro de acordo com a Bíblia. É autor dos livros “Sucesso Financeiro” e da série “Finanças em Ação”.

*O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: O caso das filhas de Zelofeade

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições