Deus só precisa de um segundo para mudar toda uma história

Eu quero compartilhar é que você pode ter muito menos do que aquilo que você precisa.

fonte: Guiame, Roberto de Lucena

Atualizado: Quarta-feira, 10 Março de 2021 as 2:55

Em Mateus capítulo 14, nós temos o registro bíblico de um momento em que o Senhor Jesus, juntamente com os seus discípulos, deixa o barco que vai para um lugar deserto. Mas a Bíblia diz que uma grande multidão de pessoas, sabendo que Jesus estava naquele lugar, se mobilizou e foi até Ele. Então Jesus, quando viu a multidão, moveu-se de íntima compaixão por eles e ele começou a curar os seus enfermos e a ministrar para eles.

O dia estava quase terminando, e os seus discípulos disseram a Ele: “Senhor, despede a multidão, porque as horas já se avançaram, para que eles possam ir pelas vilas, pelas aldeias, eles possam comprar comida... E Jesus disse, não façam isso, vocês mesmos deem de comer ao povo! E os discípulos disseram: Senhor, nós não temos senão 5 pães e 2 peixes. O que nós temos é muito pouco perto daquilo que nós precisamos. Mas eles colocaram um pouco que eles tinham nas mãos de Jesus, e a Bíblia registra o acontecimento de um extraordinário milagre, o milagre da multiplicação dos pães e dos peixes.

E aí fica claro para mim primeiro a natureza deste Deus da Bíblia Sagrada: um Deus que se interessa pelas necessidades individuais. O Deus que se interessa pela história das pessoas e as suas lutas, os seus conflitos. Ele cuida do indivíduo, Ele cuida do coletivo.

Jesus tocou os enfermos, Ele curou os enfermos daquela multidão, Ele alimentou-as com a palavra de Deus. Mas agora ele está preocupado com a necessidade física deles. Fica claro para mim, também, que a matemática de Deus é diferente da matemática humana. Na matemática humana, a ciência exata, dois mais dois são quatro. Na matemática de Deus, dois mais dois são o que tem que ser. Por isso que é possível que um pequeno vença um gigante de quase três metros de altura. É por isso que é possível que trezentas pessoas lideradas por Gideão, tenham uma vitória sobre um grande exército. É por isso que é possível que um pouco de farinha na panela e de azeite na botija sejam suficientes para alimentar a família daquela viúva pobre por três anos.

O que eu aprendo com esta palavra e quero compartilhar com você é que você pode ter muito menos do que aquilo que você precisa. Isso pode estar claro neste momento que nós estamos vivendo. Começamos um ano com muitos projetos, parece que tudo estava indo muito bem, e todos estavam tomados de sonhos. Parece que muitas pessoas estão olhando para aquilo que têm, e se apercebendo de que o que eles têm, é muito menos do que aquilo que eles precisam.

Nós fomos sacudidos pelas tempestades da vida, pelas crises que surpreenderam a todos nós. No entanto, nós temos um Deus que tem uma matemática diferente. A nossa limitação não limita a Deus. Aquilo que nos restringe, não restringe a Deus. Ele, ainda hoje, toma o pouco que nós temos, quando colocamos em Suas mãos, e Ele em pleno século 21, em pleno terceiro milênio, continua multiplicando o pouco que nós confiamos a ele com fé.

Que Deus te abençoe. Que Deus te ajude. E que você possa se apropriar desta palavra. Até o final deste ano há muito tempo ainda. Deus precisa apenas de um momento para mudar toda uma história. Deus precisa apenas de um segundo para mudar sua vida. Se você crer, se você confiar em Deus, independentemente pouco que você tenha, independentemente das suas limitações, Deus poderá e fará. Ele haverá de transformar a sua frustração, a sua expectativa frustrada, o seu momento de luta, o seu momento de limitação, num poderoso testemunho de transformação, de superação, e de vitória, que vai glorificar o nome Dele, edificar a vida de todas as pessoas que estão olhando para você. Creia e confie. Se Deus é por nós, quem será contra nós?

Roberto de Lucena é Pastor e Deputado Federal (Podemos) por SP. Presidente da Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos Humanos e pela Justiça Social e ex-presidente da Frente Parlamentar de Liberdade Religiosa.

*O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Vamos continuar confiando e dependendo de Deus!

veja também