MENU

Coração partido

A saída é olhar a vida com esperança; é confiar que o amor de Deus por você é maior do que a dor que sente.

fonte: Guiame, Silmar Coelho

Atualizado: Quarta-feira, 16 Setembro de 2020 as 3:13

(Foto: Reprodução / Kelly Sikkema)
(Foto: Reprodução / Kelly Sikkema)

Abandona o passado que o futuro aparece.

Se o passado não morre o futuro não nasce.

Ser ferido, magoado e rejeitado não significa que deve ferir, magoar e rejeitar a si mesmo. Não pense que alguma coisa está errada com você por causa dos problemas que está vivendo. Jesus padeceu, foi traído, negado, criticado, e morto na cruz, e nada de errado tinha feito. Não se tranque na prisão da autoacusação ou da autopiedade, achando que mais ninguém, nem você mesmo, merece respeito e confiança.

Lembre-se que apenas uma pessoa lhe magoou e rejeitou, apenas uma pessoa traiu sua confiança. Nem todo o mundo o rejeitou ou magoou. Não erre porque erraram com você. A dor que você está sentindo é aguda porque a pessoa que lhe magoou significava demais para você. Ela simbolizava o amor de todas as outras pessoas por você.

A saída é olhar a vida com esperança; é confiar que o amor de Deus por você é maior do que a dor que sente; tenha a certeza de que Deus está presente ao seu lado, apesar da dor e vazio que o sofrimento lhe impõe; acredite que, como todas as coisas dessa vida, essa dor vai passar e um novo dia de paz, alegria e felicidade irá raiar.

A dor dói demais porque ela exige que você a sinta. Porém, o consolo virá, Deus não falha; Ele lhe visitará e a paz retornará ao seu coração. Deus afirma: “De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei”.

Assim, afirme confiantemente:

“O Senhor é o meu auxílio, não temerei; que me poderá fazer o homem?” Hebreus 13.5-6

Por Silmar Coelho, pastor da Igreja Metodista Wesleyana, doutor em teologia, líder, terapeuta familiar, apaixonado pela igreja, por sua família e pela vida.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Por que pastores cometem suicídio

veja também