Entradas triunfais não são uma necessidade de Deus

Ele é um ser auto suficiente, auto sustentavel e não possui fraquezas humanas como carências, necessidades extremas de aparecer e de receber aplausos

Fonte: Guiame, Ubirajara CrespoAtualizado: sexta-feira, 10 de julho de 2015 15:17
Adoração _ avivamento
Adoração _ avivamento

Abrir uma fenda no firmamento, estremecer a terra e as nações é o que muitos esperam durante uma aparição de Jeová. No entanto, ele criou coisas e pessoas, cuja existência não são incompatíveis com a natureza divina e não se desfazem ante a sua presença. Criador e criatura se tocam, interagem e trocam idéias, sentimentos e possuem propósitos perfeitamente conciliaveis.

Entradas triunfais não são uma necessidade de Deus. Ele é um ser auto suficiente, auto sustentavel e não possui fraquezas humanas como carências, necessidades extremas de aparecer e de receber aplausos. Ele tem poder suficiente para fazer estas coisas e para se impor, no entanto, se aproxima de nós, suave, tranquila e naturalmente.

Sua espiritualidade imanta toda a criação, pois há algo da sua essência espalhado por tudo o que ele fez, mesmo não sendo parte dela e nem ela ser parte de seu ser.

Deus é atraído pela esperança e pela prática da justiça. Esperança é um ato de fé, o tipo de fé, que gera a prática da justiça. Qualidades encontradas tanto no criador, como na criatura, tornando-os perfeitamente compatíveis entre si, isto é, reconciliaveis.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições