MENU

O dia em que o regime mundial e único igualará a todos

O Salmo 113 fala a respeito do dia em que Jesus instalará seu governo milenar sobre toda a Terra.

fonte: Guiame, Ubirajara Crespo

Atualizado: Quarta-feira, 18 Dezembro de 2019 as 4:38

(Foto: Pinterest)
(Foto: Pinterest)

Salmos 113:5-7. Quem é semelhante ao Senhor, nosso Deus, cujo trono está nas alturas, que se inclina para ver o que se passa no Céu e na Terra.

Este salmo é considerado por muitos como messiânico, pois fala a respeito do dia em que Jesus instalará seu governo milenar sobre toda a Terra. Naquela época ele distribuirá, igualitariamente, posses, posições, capacidades e autoridade. Aquele que tem seu trono assentado nas alturas se inclina. Você acha que o Deus onisciente precisa se inclinar para ver o que ocorre conosco? Certamente sua percepção de tudo não depende da direção para onde aponta seus olhos: para cima ou para baixo. Há quem classifique a linguagem usada aqui, como um Antropomorfismo (palavra humana que indica a superioridade de Deus em relação ao homem). O Deus que precisa se inclinar está mais alto do que o Céu e da Terra. Vê tudo lá do alto.

Salmos 113: 7-9. Ele levanta o pobre do pó e tira o necessitado do monte de lixo, para o fazer sentar ao lado dos príncipes, sim, com os príncipes do seu povo. O Senhor faz com que a mulher estéril viva em família e seja alegre mãe de filhos. Aleluia!

Podemos olhar para Jesus como o Deus se encarnou, ou seja: se inclinou ou se esvaziou da sua divindade e viveu como um de nós (Fl 2 5-7). Fez isso por apenas 33 anos e voltou para sua posição original (Jo 7.37). Ele mergulhou na Terra, pois para levantar alguém do pó, é preciso se abaixar e ficar sob o rebaixado. Durante sua estada entre nós, prometeu, que no seu Reino, os príncipes, os necessitados, as estéreis e as férteis receberiam igual honra. Todos nivelados por cima. Promessa, que nem sequer os governos socialistas conseguiram cumprir. Em todos os regimes as diferenças sociais se aprofundam, são apenas slogans usados em palanques objetivando angariar votos.

Nós esperamos por um reinado justo.

Por Ubirajara Crespo, pastor, conferencista, editor, autor das notas de rodapé da Bíblia do Guerreiro e dos livros “Qual o limite para o sofrimento” e “Rota de colisão”.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Deus não ouve meus pedidos?

veja também