O sucesso da Igreja perseguida

O sucesso da Igreja perseguida

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:14

SOCORRAMOS À IGREJA

A definição bíblica para o sucesso não é a mesma que aprendemos no mundo dos negócios. Sucesso, para Deus, é realizar a sua missão custe o que custar.

Avaliado pelo mundo business, Jesus foi um grande fracasso, mas, segundo Deus, um exemplo de alguém que chegou onde deveria chegar. Não tinha onde reclinar a cabeça, era rejeitado, excluído, perdeu a eleição da vida para Barrabás, foi escarnecido e contado entre os transgressores. Você está disposto a ser como ele? Ou prefere ser como o .......?

Cuidado, a própria instituição religiosa perseguirá os santos. Quem crucificou a Jesus foi o grupo religioso! Considerado o equivalente À Igreja de hoje.

De que adianta ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (o controle sobre si mesmo)? Se der para ganhar os dois, melhor. Sem negociar valores fica difícil. O sistema é manipulado pelo diabo, e só tem lugar para quem segue as suas regras.

Se fidelidade for o motivo da perseguição, estamos no caminho certo. Não é pra menos, pois a mensagem de Cristo quebra paradigmas, rompe estruturas malignas, resiste ao diabo, desfaz laços com a violência, com a injustiça e com o desamor.

Guardando os limites da contextualização, não podemos esperar outra coisa, senão resistência. Todos que tentam viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos (2Timoteo 3.12).

Isto vale também para as Igrejas do mundo ocidental, onde para ser aceita deve ceder. A perseguição está em toda parte, só muda de roupa, mas não de coração e propósito.

Aqui o inimigo tenta nos encantar, lá nos despreza e acolá nos persegue, acorrenta e mata. Se não há perseguição, quem vestiu a roupa certa, mas mantém o coração errado, somos nós.

Igreja, não chore por causa da rejeição, chore por causa da infidelidade.

 

Por Ubirajara Crespo

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições