MENU

A Palavra, o Espírito e o Sangue

A Palavra, o Espírito e o Sangue

Atualizado: Segunda-feira, 17 Janeiro de 2011 as 3:30

I Jo 5:6 a 8 fala de três testemunhas. Deus não quer melhorar ou fazer reparos pequenos na velha natureza humana, Ele quer transformar. Nós também não conseguimos produzir um novo coração por nossa própria força, é preciso Santificação pela palavra – Jo 17:17, é preciso santificação pelo Espírito – II Te 2:13 e é preciso Santificação pelo sangue – Hb 13:12. Falar da Palavra e do Espírito é muito fácil, mas o que dizer de falarmos do Sangue.

Por que Sangue? Sangue é Vida. No plano físico é o sangue que une Oxigênio (Espírito) com o alimento (Palavra) para dar vida e energia ao corpo, porém a imagem natural que vem a mente do ser humano é de corte, dor e ferimentos. Isso impede o homem de ter uma revelação do que significa a Testemunha do Sangue na sua vida. Leia Lv 17:10 e 11. No velho testamento o sangue de animais era a figura do sangue de Cristo. Por ser figura é que não poderia ser comido. Você comeria a propaganda de um prato de comida? No sentido espiritual a bíblia relata que sangue é Vida, então, todas as vezes que encontrarmos a palavra sangue, devemos crer que encontraremos Jesus ou Vida.

Jesus (Vida de Corpo) é quem une a Palavra e Espírito em sua Igreja. Ceia é para lembrar de Jesus e receber a vida tomando de seu sangue. O próprio Jesus nos deu Seu Espírito e Deus nos deixou sua palavra e Jesus veio fazer com que ela produza saúde do corpo. Corpo somos nós: a Igreja, lugar de Vida (Sangue = Ceia). O problema da igreja é que tirou o sacrifício do animal e colocou o cálice de vinho no lugar. Ainda vive na Velha Aliança e Velha Aliança é Sacrifício, são proibições, é falta de comunhão por causa do pecado, é individualista (eu e meu carneirinho).

Quantos não vivem amargurados tentando produzir um evangelho que funcione? Qual o preço para se ter sucesso? Qual o preço para manter a aparência de santidade? Qual o preço para manter em alta no nome da instituição? Velha Aliança é isso. Tristeza e dor por saber que sozinhos não conseguiremos agradar o Senhor, mas agora podemos comer de Jesus, pois a Nova Aliança foi feita no seu sangue (na vida dele). Jo 6: 53 a 58.

Sem comer o Sangue de Jesus não temos vida em nós mesmos. Três testemunhas testificam de Jesus em nós: Palavra, Espírito e Vida (Sangue, Comunhão). Ceia traz este contexto para a Igreja. Deus quer redimir o homem através do sangue de Seu filho, o primeiro Adão trouxe pecado, dor, frustrações, tristezas, mas o segundo Adão trouxe Justiça e Vida em abundância. Ceia (vida de comunhão, sangue) é a prova que o Adão natural morreu e um novo homem ressuscitou. Ceia (vida de comunhão, sangue) é mostra que Jesus uniu em mim sua palavra e seu Espírito através de sua vida (sangue). Como isso é sério.

Olhe para dentro de você e faça as perguntas: A palavra de Deus é real em minha vida? Eu a pratico? Acredito nela? O Espírito Santo dirige realmente minha vida? Eu ouço Deus? E o sangue (vida) une estes dois na pratica? Vivo realmente em Comunhão?

Será que não tenho sérios problemas na vida de corpo? Falta de perdão? Quem vive dentro de mim: O primeiro Adão ou o Segundo Adão?

O que vemos é o homem tentando produzir o novo coração e uma nova natureza na marra, por suas próprias forças, argumentos e capacidades, isso é velha Aliança. Nova Aliança no Sangue de Cristo traz liberdade, Nova Aliança na Vida Cristo traz Alegria, redenção, paz, manifestação de Deus na terra. Como? Através de mim, através de meus irmãos, através da prática de unir oxigênio e alimento (espirituais) para que o corpo tenha vida. Se não vemos isso é porque falta-nos a Testemunha do Sangue, unir a Palavra e Espírito na prática do Evangelho a fim de produzir um Corpo Saudável; é coletivo, eu e meus irmãos.

A ciência quer descobrir o segredo da vida para manipular, controlar e prolongar a vida, e nós também queremos descobrir o segredo da vida, mas é para poder repartir esta vida com outros irmãos. Sangue de Cristo é o segredo da vida de corpo, e o segredo para a Igreja. É vitória sobre o pecado e nos dá direito a uma herança, pois temos sangue real. Avivamento é a soma de muita vida, é a soma de muitas porções de Jesus juntos. O Sangue de Cristo traz a paz, liberta, redime, abençoa e vivifica. Queremos ver este avivamento de muita vida. É preciso crer. Diz o texto: O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, fomos sarados! Aleluia!

Pr. Valdir Ávila da Silva Junior

Valdir Ávila S. Junior   é pastor, teólogo, músico e produtor musical. Participou com a Ruach Ministries International de viagem missionária à Finlândia com Asaph Borba e Donald Stoll, fundadores do Estúdio Life (RS). Gravou com Adhemar de Campos, Daniel Souza, Gerson Ortega, Gregório McNutt, Nívea Soares, Massao Suguihara, Sostenes Mendes e David Quinlan.

Proprietário da Escola de Educação Infantil e Berçário Cercado de amor, uma escola com princípios cristãos, que cuida de crianças entre zero e cinco ano de idade.   www.cercadodeamor.com.br   . Foi pastor em Botucatu onde dirigiu grupos relacionados ao louvor congregacional, tais como: dança, libras, backing vocals, coral, músicos e técnicos de áudio. Implantou o Estúdio Voima que já produziu e gravou vários outros trabalhos pelo Brasil. Atualmente é Pastor da Igreja Bíblica Evangélica de Piracicaba, cidade onde reside e tem se dedicado ao ministério da palavra.É integrante do Conselho Editorial da Revista Impacto - Americana.   www.revistaimpacto.com   .

Site pessoal:   www.vidanaverdade.com.br   - e.mail: [email protected]

veja também