MENU

Egito e Líbia: Deus está falando!

Egito e Líbia: Deus está falando!

Atualizado: Quarta-feira, 6 Abril de 2011 as 1:28

As notícias dos últimos 6 meses dão conta do povo se levantando contra a tirania e governo de dominadores que estão no poder por mais de 30 ou 40 anos. Há uma liberação de Deus em permitir este levante, pois homens tomaram posse da autoridade, mandam e desmandam, condenam e matam em nome da ordem pública e parece que esse tempo e sistema de governo estão chegando ao fim.

Pensamos ser erradas a tirania e a dominação pela força, mas a democracia comprada, populista e divulgada pela máquina governamental também em nada tem a ver com o governo de Deus. Deus odeia o que a maioria decide, Ele é Rei e quer governar, pois Ele é justo e bem governa, cuida, protege, ama e traz paz.

Gostamos de ver o Egito se levantando num movimento democrático, sentimos prazer em ver a Líbia e outros países se libertando de governos autoritários e escravistas, amamos ver o povo nas ruas dizendo não à tirania. Ficamos felizes em ver a democracia impondo seus limites. Triste engano.

Estão apenas trocando de mãos, agora outros vão ganhar e o povo vai continuar perdendo, outros vão lucrar e o povo vai continuar embevecido com o etílico da democracia. Povo acredita a todo custo que um novo governo muda a história, mas na realidade é apenas um anestésico que inibe os efeitos da dureza e da dor de pertencer a uma nação que não tem compromisso com ajudar o órfão e viúva.

Não precisamos ir muito longe; aqui mesmo no Brasil é possível achar os tais donos de feudos, os mandatários de multidões, os donos de cidades e até estados. Não quero julgar políticos, eles que se acertem com Deus, mas na igreja brasileira acontecem as mesmas coisas. Vamos pensar no povo universal ou mundial, levantando-se contra os tiranos que dominam seus mini-países há 30, 40 e 50 anos. Vamos pensar numa geração que se levanta contra as igrejas organizadas em triângulos ou quadrados, nacionais ou internacionais. Precisamos de pessoas marcadas pela vida de Jesus e que com testemunho mostrem que são cristãos, gente que não abre mão de falar a verdade, honrar a verdade e viver a verdade sem medir as conseqüências por isso. Gente que consegue ser verdadeiro e não obedece a uma ordem de seu chefe para dizer que: “Ele não está no momento”. Vergonha!

Você é empresário cristão e engana seus funcionários? Você vai à igreja, levanta as mãos e canta aos domingos, mas na semana fala e mostra com a vida que é maledicente, falador, malicioso e pernicioso? Criamos uma raça de crentes que não são cristãos. Vivem de aparência domingueira, não têm testemunho algum. São Francisco de Assis, católico convicto, deve se revirar em seu túmulo, pois disse: “pregue o evangelho e, se preciso for, use palavras”; e ao ver os testemunhos desses donos de Estado líbios e egípcios da era moderna, deve ficar pasmo e envergonhado. Imagine Jesus!

Crentes, deixem de ser crentes! Sério isso! Viva uma rebelião contra esses dominadores que detêm o poder há 20, 30 ou 100 anos. Vale também ressaltar o poder eclesiástico dos tradicionais, bem como dos neopentecostais. Libertem-se desses sínodos que dizem “proteger”, mas na realidade só escravizam e oferecem migalhas. Libertem-se de líderes que impedem o povo de subir a um púlpito ou de dar um abraço no pastor em nome de santidade. Livrem-se dos escravistas da modernidade, egípcios disfarçados de hebreus, filisteus disfarçados de povo de Deus, mandem fora essa raça que domina a igreja evangélica brasileira, gente que conduz cristãos às bestas feras nas arenas!

Tudo o que acontece no mundo é mostra do que Deus está sinalizando para sua igreja. Então, podemos dizer que é hora de um levante de um povo que não quer viver sobre o comando de homens, mas quer viver sob o comando de Deus.

O que você responderia se fosse perguntado sobre o que Deus falou nesta semana ou neste dia? Que resposta a igreja teria ouvido em seu testemunho? Se fosse um dia normal seria fácil ouvir que temos de dar dinheiro, fazer a campanha ou tocar a arca, quando Deus está querendo corações transformados, mudança real e casas transformadas.

Tornei-me um homem contra as igrejas que dominam a mídia. Tornei-me um pastor que anuncia a segunda volta de Jesus e isso não é agradável a quem está lucrando com reuniões temáticas (entenda-se “problemas familiares, sentimentais e financeiros”). Pastores não querem que Jesus volte agora, pois estão desfrutando de seus carros importados, casas faraônicas, mega programas televisivos e turnês nacionais ou internacionais, tudo “em nome de Jesus, mas lucrando na terra!”. Eu sei como fazer uma boa reunião, sei como enganar o povo, o seminário me ensinou tudo isso e ensinou bem. Teria a maior facilidade em montar uma rede ou conglomerado de igrejas, mas como no Egito e Líbia, eu escolhi ouvir a Voz que vai contra a tirania.  

Quem sabe este relato abra as portas para que este povo com conhecimento médio (medíocre) tenha seus olhos abertos para a maior realidade revelada nos fatos atuais: Deus quer governar, e quer governar bem! Ele é o Rei! Rei da Glória! O resto é tirania.

Ajuda-nos, ó Senhor! Eu quero estar ligado na videira. Não quero ser uma simples planta bela, bonita e cheirosa apoiado nos galhos dela.

Valdir Ávila S. Junior   é pastor, teólogo, músico e produtor musical. Participou com a Ruach Ministries International de viagem missionária à Finlândia com Asaph Borba e Donald Stoll, fundadores do Estúdio Life (RS). Gravou com Adhemar de Campos, Daniel Souza, Gerson Ortega, Gregório McNutt, Nívea Soares, Massao Suguihara, Sostenes Mendes e David Quinlan.

Proprietário da Escola de Educação Infantil e Berçário Cercado de amor, uma escola com princípios cristãos, que cuida de crianças entre zero e cinco ano de idade.   www.cercadodeamor.com.br . Foi pastor em Botucatu onde dirigiu grupos relacionados ao louvor congregacional, tais como: dança, libras, backing vocals, coral, músicos e técnicos de áudio. Implantou o Estúdio Voima que já produziu e gravou vários outros trabalhos pelo Brasil. Atualmente é Pastor da Igreja Bíblica Evangélica de Piracicaba, cidade onde reside e tem se dedicado ao ministério da palavra.É integrante do Conselho Editorial da Revista Impacto - Americana.   www.revistaimpacto.com   .

Site pessoal:   www.vidanaverdade.com.br - e.mail: [email protected]

veja também