MENU

Escola, Família, Polícia e o futuro da Nação

Escola, Família, Polícia e o futuro da Nação

Atualizado: Quinta-feira, 10 Novembro de 2011 as 8:45

Houve um fato que chamou muito a atenção em Piracicaba nos últimos dias. Uma criança com apenas três anos de idade agrediu a professora, que por sua vez, por não poder fazer nada, chamou a guarda municipal, que manteve a criança escoltada até a chegada dos familiares. Discordo da opinião de muitos que opinaram e escreveram sobre este assunto, fazem alarde sobre direitos e deveres, tentam justificar as atitudes destes ou daqueles, mas sem conhecer os fatos reais e o cotidiano delas. 

Julgar a atitude da professora é extremismo, pois se afirma que a criança é hiperativa, então deveria haver acompanhamento clínico e medicações. Pensar que a escola vai resolver os problemas de casa é engano, pois educação é responsabilidade dos pais. Se os filhos são respondões, sem educação e mal-comportados é porque aprenderam vendo os pais praticar tais coisas. Quem ensina palavrões aos filhos e quem ensina estas atitudes são os pais com seu péssimo exemplo. As famílias investem mais dinheiro em roupas, carros e sapatos do que na educação dos filhos.

Certa senhora perguntou se seria uma nova maneira de educar as crianças utilizando os serviços policiais e acredito que seja, pois a cada dia, mais cedo e com menos idade, as crianças terão encontros com as autoridades policiais, pois são criados sem regras, sem limites e sem rotinas, desrespeitando tudo e todos desde pequenos e o que podemos esperar quando crescerem? Quem não respeita uma autoridade desde a infância infalivelmente não vai respeitar nenhum tipo de autoridade quando adulto. Não respeitará marido ou esposa, chefe, gerente, professor, policial de trânsito e respeitará menos ainda o porteiro (que em grande parte do tempo é autoridade).

Esta senhora cita que a escola é de tamanha qualificação, mas será que a educação no lar é de igual medida? Falar em pressão psicológica e sujeira é terceirizar parte da responsabilidade, é escapismo. Em casa deveria haver criação com correção, limites e na escola educação com excelência. 

A responsabilidade da formação do caráter do filho é dos pais que querem que os filhos sejam educados, mas eles mesmos estacionam em cima da faixa de pedestres ou em fila dupla ao buscá-los na escola.

Olhe o acontece na USP hoje, uma grande maioria de viciados que não quer a presença da polícia no Campus para poder continuar transgredindo todas as regras, desde que as notas sejam boas e não custe nada aos pais. Este é o futuro da nação. Meninos viciados e meninas festeiras, todos depravados com formação superior. Serão nossos juízes, advogados, promotores, administradores, economistas, médicos cirurgiões ou outros. Jesus nos ajude.

Pobres professores, da escola infantil, ensino médio ou de universidades, que estão nas mãos de alunos irresponsáveis e mimados sendo acobertados pelas justificativas dos pais. Vamos sim colocar o nariz vermelho e sair por aí, pois pensar que a escola vai resolver o problema do exemplo e testemunho em casa é utopia. A sociedade tem muitas justificativas e muitas desculpas, mas ensinar o caminho em que a criança deve andar é responsabilidade dos pais. Façamos a nossa parte.

Valdir Ávila S. Junior   é pastor, teólogo, músico e produtor musical. Participou com a Ruach Ministries International de viagem missionária à Finlândia com Asaph Borba e Donald Stoll, fundadores do Estúdio Life (RS). Gravou com Adhemar de Campos, Daniel Souza, Gerson Ortega, Gregório McNutt, Nívea Soares, Massao Suguihara, Sostenes Mendes e David Quinlan.

Proprietário da Escola de Educação Infantil e Berçário Cercado de amor, uma escola com princípios cristãos, que cuida de crianças entre zero e cinco ano de idade.   www.cercadodeamor.com.br   . Foi pastor em Botucatu onde dirigiu grupos relacionados ao louvor congregacional, tais como: dança, libras, backing vocals, coral, músicos e técnicos de áudio. Implantou o Estúdio Voima que já produziu e gravou vários outros trabalhos pelo Brasil. Atualmente é Pastor da Igreja Bíblica Evangélica de Piracicaba, cidade onde reside e tem se dedicado ao ministério da palavra.É integrante do Conselho Editorial da Revista Impacto - Americana.   www.revistaimpacto.com   .

Site pessoal:   www.vidanaverdade.com.br   - e.mail: [email protected]

veja também