MENU

Homens de Verdade: Jóia Rara!

Homens de Verdade: Jóia Rara!

Atualizado: Terça-feira, 27 Outubro de 2009 as 12

"Farei que os homens sejam mais escassos do que o ouro, mais raros do que o ouro de Ofir" (Is 12.13). Esse texto chamou a minha atenção. Embora se refira ao juízo de Deus contra a Babilônia, resultando na morte de quase todos os seus homens de guerra, podemos aplicá-lo simbolicamente à cultura babilônica do mundo atual, que tem afetado também a igreja. O problema não é falta de homens (sexo masculino): o que é raro é encontrar homens de verdade, homens que tenham hombridade.

Não é fazer apologia ao machismo, quero mostrar que a profecia (além de outras, como Isaías 4.1) fala de uma diminuição, quase erradicação dos homens. Isso está acontecendo literalmente no sentido de homens que tenham a marca da imagem de Deus, e nos alerta como um dos anúncios da proximidade do grande e temível Dia do Senhor.

Hoje, dentro e fora da igreja, existem homens sem identidade, homens que não são homens, homens sendo caçados como presas, na área profissional ou na área sexual, sem uma palavra firme, sem direção ou convicção, meros bonecos - é isso que está acontecendo.

Hombridade é uma postura, um relacionamento correto entre o homem e Deus; fala de caráter, do modelo que Jesus nos deu. Nunca, em toda a história, vimos uma desvalorização tão grande do papel do homem, tamanha banalização da figura do marido, do sacerdote do lar, do pai de família. Se ainda não observou esse fenômeno, preste atenção nas novelas, filmes e seriados e veja como se diminui e ridiculariza o papel do homem na família.

A educação e a criação de filhos têm sido terceirizadas, porque não existem pais cuidadosos que se preocupem com o crescimento sadio de seus filhos. O governo dos lares, de estados e países está indo para as mãos das mulheres, que já estão se destacando mais (veja Is 3.12).

Isso acontece dentro de casa e dentro das igrejas. Não cuidamos da criação, não educamos, não despertamos em ninguém o desejo de ser igual a Jesus; o problema é que nós, os pais espirituais, não somos parecidos com Jesus. Homens verdadeiros estão acabando.

A questão é que no plano físico perdemos a característica de "homens de valor". A palavra do homem não vale mais nada, pois quem fala é pouco confiável, volúvel, fechado dentro de suas ambições pessoais, de sua realização e sucesso próprios. Não importa muito examinar a situação dentro ou fora das igrejas. Os homens que Deus permitiu trabalhar na terra, os líderes que deveriam ser referencial para o povo, estão iguais aos do restante da sociedade. Não há diferença nenhuma do padrão individualista do mundo. Deus está cansado deste egoísmo.

Lembro-me de meu pai falando quando eu era menino: "Seja homem". Deus fala isso ao seu povo hoje: Sejamos homens! Não deixe a hombridade ser perdida. O papel do homem é estar sob o comando de Deus. Vivo numa sociedade e num mundo perdidos, vemos o evangelho ser mercadejado, mas não devemos aceitar isso; precisamos de coragem e convicção para tomar nosso lugar e lutar.

A postura que Deus procura nos homens é pessoal e inegociável. Por isso, a única e verdadeira hombridade é encontrada só naqueles que estão sob o governo dele. Quanta coisa mudará na terra e no espiritual quando descobrirmos que é possível "ser homem" rendendo-nos a Jesus. Ele não erra jamais!

Isaias 13 é uma profecia contra Babilônia. Lemos o texto e vemos que o descrito acontece hoje, quer no mundo ou dentro das igrejas. Isso é um alerta para buscar o mover de Deus, para que sejamos, por sua misericórdia, restaurados em nossa humanidade, segundo a imagem de seu Filho.

Valdir Ávila S. Junior é pastor, teólogo, músico e produtor musical. Participou com a Ruach Ministries International de viagem missionária à Finlândia com Asaph Borba e Donald Stoll, fundadores do Estúdio Life (RS). Gravou com Adhemar de Campos, Daniel Souza, Gerson Ortega, Gregório McNutt, Nívea Soares, Massao Suguihara, Sostenes Mendes e David Quinlan.

Foi pastor em Botucatu onde dirigiu grupos relacionados ao louvor congregacional, tais como: dança, libras, backing vocals, coral, músicos e técnicos de áudio. Implantou o Estúdio Voima que já produziu e gravou vários outros trabalhos pelo Brasil. Atualmente é Pastor da Igreja Bíblica Evangélica de Piracicaba, cidade onde reside e tem se dedicado ao ministério da palavra.

É integrante do Conselho Editorial da Revista Impacto - Americana.- www.revistaimpacto.com

Site pessoal: www.vidanaverdade.com.br - e.mail:[email protected]

Proprietário da Escola de Educação Infantil e Berçário Cercado de amor, uma escola com princípios cristãos, que cuida de crianças entre zero e cinco ano de idade. www.cercadodeamor.com.br

veja também