MENU

Pastorear o Rebanho

Pastorear o Rebanho

Atualizado: Sexta-feira, 5 Março de 2010 as 12

No title Texto base - Ez 34, 11 a 31

Pastorear é uma atitude que Deus tem pedido do seu povo, em particular, com cada membro pertencente a uma igreja. Como é difícil pastorear, pois envolve descobertas, mudanças e abandonar maus hábitos para que Deus seja honrado. Pastorear é investir tempo na vida da ovelha, é se dar a alguém que mal conhecemos, mas foi anexado à nossa família através do trabalho da cruz. Não é uma carteirinha ou ordenação física, mas é espiritual, uma vocação, um chamado executado sem glórias humanas naturais, mas que transforma vidas.

E quem são as ovelhas? Pessoas que Deus coloca em nosso caminho para que possamos apascentá-las, para trazer paz sobre elas, levá-las a verdadeiras mudanças, a experimentar algo sobrenatural de Deus que mude sua história. Ovelhas são pessoas e é nelas que Deus quer realizar transformações, curas, derramar de sua unção e fazer delas verdadeiras testemunhas que o evangelho transforma de verdade. Pastores cuidam de ovelhas, não de igrejas.

Quando Deus entra na vida de uma pessoa o que acontece? As escolhas deixam de ser em favor próprio e passamos a escolher em favor do Reino de Deus. É por isso que cristão precisa de testemunho, não se corrompe com o mundo, não se entrega a paixões, aceita a correção com alegria, baixa o tom de voz e se torna manso. Cristão tira o mundo de sua vida e traz o Reino de Deus para dentro dele. O reino de Deus é Jesus. Quando foi que ensinamos sobre os fundamentos e rudimentos do evangelho a alguém próximo? A pregação do evangelho contra o pecado e contra o natural e normal produz transformação real. Nesta semana que passou falei sobre Carnaval com uma pessoa recém-convertida e ela ficou boquiaberta ao saber sobre o pecado. Mostrar a verdade com simplicidade muda a história.

É por isso que nossas casas mudam, filhos mudam e tudo mais muda. Pastorear envolve um significativo investimento na vida de algumas pessoas para que elas sejam transformadas e, quando não fazemos isso, o rebanho se perde. A grande questão é quem e como pastorear e como anda meu coração de pastor. Podemos pensar no modelo tradicional – que cuida com o poder da instituição, um homem, uma pessoa apenas – mas deveríamos pensar em muitos com um mesmo coração. Podemos ficar apenas na esfera da oração esperando Jesus agir, isto é o mais fácil. Difícil é cuidar, apascentar, crer na mudança, disciplinar e ensinar novamente, pois as ovelhas ficam fracas no meio da semana. Ficam doentes e perdem batalhas.

Cristãos não podem fazer coro com o mundo e sequer podem perder a oportunidade de ser vistos de forma diferente. E quando isso não acontece o mundo faz festa porque não temos o testemunho da mudança. É preciso ser duro quando se descobre que um filho tem vícios, é preciso coragem para dizer ao marido que ele pode ser feliz com sua esposa. É preciso aceitar o chamado de socorrer quem está passando grande luta agora.  E não é exatamente isso que Deus tem permitido que aconteça comigo e com você? Pessoas te procuram, pois querem encontrar respostas. Pastores segundo o coração de Deus têm a resposta.

Como é difícil separar das ovelhas os cabritos. Ovelha precisa ser cuidada, quer mudança, vive em planície, aceita bom alimento, não se defende, não se justifica. Cabrito se defende, vive procurando alimento longe em encostas de montanhas, não aceita ser pastoreado. Você, como pastor, só tem comprometimento com ovelhas e por isso deve tirar os cabritos do meio de seu rebanho; eles te impedem e te distraem. Mas ao descobrir as ovelhas que precisam ser cuidadas, invista tempo, invista teu coração, tua oração e teu suor.

Não podemos mais ser destruídos e ficarmos desacreditados diante de Deus por não cuidarmos daquilo que Ele nos confiou. Deus dá unção para quem se dispõe a cuidar de filhos (ovelhas), dá a glória d´Ele para que possamos vencer todas as armadilhas do diabo,  aumenta o poder e suas orações se tornam significativas e respondidas. Quando descobrirmos que um pouco de tempo para estas pessoas libera "o muito" de Deus sobre nós, entenderemos o significado do amor de Jesus por nossas vidas. O verdadeiro coração de pastor é coração de Jesus.

O alvo é meu irmão, essa pessoa que Deus permite estar perto de mim hoje para ser mudado, mas é fundamental saber se esta pessoa quer mudar, se é cabrito ou ovelha. Sabendo quem ele é o ensino dá certo e transforma uma vida inteira. É preciso coragem ao falar a verdade, mostrar o erro com misericórdia, levar ao arrependimento e mudança de vida, pois isto é obra de Deus. Não requerer para si glória alguma, Deus é quem nos dá tudo. O alvo é mudar a história de uma ovelha.

Cabrito muda apenas algumas áreas e é teimoso em outras, mas ovelha se transforma por completo, não acontece da noite para o dia, acontece por misericórdia de Deus. Seja bondoso com ela, empenhe-se em ouvir e declare as certezas de Deus. Pecado é pecado e Deus não muda e abomina o pecado. Deus perdoa o pecado, mas mudança de vida que não acontece o irrita. Como é difícil lidar com quem não quer descansar (cabrito)! Aqueles que forem confiados a você, se fartarão do que Deus quer servir: alimento, boa água, paz, alegria em ser filho de Deus

Mc 14:27 – Ferirei ao pastor e as ovelhas se dispersarão. Que ferida é esta feita em pastores? Corações que não se rendem às ovelhas. Não olham as ovelhas como o alvo do serviço, como o lugar onde Deus quer manifestar sua glória. Ovelhas abandonadas, autodirigindo-se e cometendo erros pela omissão de pastores que não se importam com o rebanho, pais espirituais que deixaram seus filhos morrendo, líderes que se ausentaram do ensino e cuidado da Palavra para viver por ganância. A igreja mata suas ovelhas e permanece forte pelo comércio de sua lã e de sua carne. Pastores cada vez mais longe de seus rebanhos, falam e não praticam, não vivem. Rebanhos dispersos pela ausência de pastores por vocação.

Onde estão os homens que Deus lhe confiou? Como tem vivido as pessoas que você convidou para vir à Igreja e ficaram? Como tem sido sua vida depois que alguém se importou com você? Algo está acontecendo de verdade, mas ainda é muito pouco. A seara é grande, mas os ceifeiros são poucos. Ovelhas e cabritos, trigo e joio, quem nos ajudará a fazer a separação?

Zc 13:1 diz - Naquele dia haverá uma fonte aberta para a casa de Davi e para os habitantes de Jerusalém, para remover o pecado e a impureza. O verso 7 de Zc 13 diz: Fere o pastor, e as ovelhas ficarão dispersas, mas volverei a minha mão para os pequeninos. Quem são estes pequeninos que carecem da misericórdia de Deus? Jr 3:15 diz: – Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência. Esses homens terão corações generosos, serão despidos de sua fama, terão desejo de ver a restauração da Igreja, gente levantada segundo o coração de Deus para cuidar de pequeninos, segundo o coração de Deus, o próprio Jesus, o modelo de Seu Filho, se doarão. Terão grande experiência com a Palavra, gente que ama o conhecimento, a verdade e trarão libertação. Homens que separam as ovelhas de cabritos e que terão inteligência, testemunhas do próprio caráter de Deus, cheios de sabedoria e discernimento espiritual.

Que o Senhor nos ajude a dividir o fardo com os pastores que cuidam de igrejas e que possamos ter revelado que todos somos pastores e responsáveis por pessoas que precisam de transformação diária. Não é largar o emprego para cuidar de seu vizinho, mas é separar tempo de sua vida para que ele possa ser tratado, cuidado e levado até as portas do arrependimento e da transformação da vida. Investir em quem está ao meu lado, perto de mim.

Que Deus nos ajude a ser um povo que ama gente, pessoas. Que se importa com quem passa lutas hoje, mas amanhã virá a ser testemunha viva de que o evangelho de Cristo funciona e pode mudar totalmente a vida. Pastores segundo o coração de Deus.

Valdir Ávila S. Junior é pastor, teólogo, músico e produtor musical. Participou com a Ruach Ministries International de viagem missionária à Finlândia com Asaph Borba e Donald Stoll, fundadores do Estúdio Life (RS). Gravou com Adhemar de Campos, Daniel Souza, Gerson Ortega, Gregório McNutt, Nívea Soares, Massao Suguihara, Sostenes Mendes e David Quinlan.

Foi pastor em Botucatu onde dirigiu grupos relacionados ao louvor congregacional, tais como: dança, libras, backing vocals, coral, músicos e técnicos de áudio. Implantou o Estúdio Voima que já produziu e gravou vários outros trabalhos pelo Brasil. Atualmente é Pastor da Igreja Bíblica Evangélica de Piracicaba, cidade onde reside e tem se dedicado ao ministério da palavra.

É integrante do Conselho Editorial da Revista Impacto - Americana.- www.revistaimpacto.com

Site pessoal: www.vidanaverdade.com.br - e.mail:[email protected]

Proprietário da Escola de Educação Infantil e Berçário Cercado de amor, uma escola com princípios cristãos, que cuida de crianças entre zero e cinco ano de idade. www.cercadodeamor.com.br

veja também