1ª Igreja Presbiteriana de Goiânia recebe congresso Mãos e Coração

1ª Igreja Presbiteriana de Goiânia recebe congresso Mãos e Coração

Atualizado: Segunda-feira, 18 Abril de 2011 as 12:04

A Secretaria Geral do Trabalho da Infância (SGTI- IPB), realizará em Goiânia o 1º congresso “Mãos e Coração - Capacitando mãos e ministrando ao coração”. O Congresso é voltado para os Professores do Departamento Infantil, Líderes e Conselheiros da UCP. De acordo com Rev. José Roberto Rodrigues Coelho, Secretário Geral do Trabalho da Infância, um congresso desse nível é importante porque oferece ao educador cristão a oportunidade de trocar experiências. “ O educador pode aprender, divulgar, interagir, trocar experiências e conhecimentos com outros educadores, e conta com preletores altamente capacitados, reconhecidos em todo o Brasil”.

Nos últimos 4 anos (2006 – 2010) a SGTI realizou 6 Congressos – Recife (2), Brasília, São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro. “Contudo, esse será o nosso 1º Congresso com a nova marca: “Mãos e Coração – Capacitando mãos e ministrando ao coração”, explicou Rev. José Roberto.

Nessa edição, o Congresso será de 23 à 25 de junho de 2011 na 1ª Igreja Presbiteriana de Goiânia e no Instituto Presbiteriano de Educação(IPE).

Com tantos desafios na educação cristã, as igrejas precisam assumir a responsabilidade de investir em novas tecnicas educacionais, tirando proveito dos benefícios das novas mídias. “O mundo está se transformando em um ritmo cada vez mais rápido. A tecnologia, os novos valores e padrões tem feito a sociedade se ajustar a uma nova maneira de agir e pensar. Isto afeta a todos, inclusive as crianças. É necessário portanto, que nossas igrejas estejam preparadas para esse momento e que aproveitem para capacitar seus educadores a utilizar o que for interessante, atrativo e eticamente correto nessa nova maneira de fazer pedagogia. Nossas igrejas não podem parar no tempo no que se refere aos métodos de ensino bíblico.

A preocupação com o método também faz parte dos assuntos abordados no Congresso. “O nosso congresso aborda temas que tratam de assuntos como, por exemplo, homilética para professores de crianças e Recursos visuais no ensino bíblico”, explica Rev. José Roberto.

De acordo com o Secretário, existe a preocupação em realizar os congressos em nível nacional, para que as igrejas mais próximas dos estados onde o congresso ocorrere possam participar. “Estamos tentando alcançar todas as regiões do país. Por isso, na hora de escolher a cidade essa tem sido nossa prioridade. Contudo, temos os Treinamentos (Spot) de 1 dia, onde a igreja pode solicitar 2 dos nossos preletores e realizar um dia todo de treinamento na sua cidade. É só enviar um e-mail para [email protected] e fazer a solicitação”, afirma rev. José Roberto.

Para Rev. José Roberto, alguns motivos colaboram para uma defasagem no investimento do trabalho com crianças dentro da igreja, mas são fatores temporários, passíveis de mudanças positivas. “Creio que as igrejas deixam de investem no Depto. Infantil por causa da soma de alguns fatores como, falta de voluntários,    professores despreparados, material didático escasso, liderança que não valoriza o Depto. Infantil, finanças, etc”.

A igreja tem um papel importante no desenvolvimento da criança cristã e nos desafios que surgirão na vida delas. Para Rev. José Roberto, é possível ter bons resultados na educação cristã. “A SGTI desenvolveu um projeto arrojado que desperta o desejo de investir nas nossas crianças. Esse projeto se chama Projeto Mãos e Coração, que tem como objetivo tornar o trabalho da infância consistente, dinâmico e funcional.

  A idéia é atuar em quatros áreas:

Evangelização - Realização e campanhas, publicação de folhetos e mensagens evangelística e incentivar as igrejas a realizarem acampamentos, EBFs e Encontros de Crianças;

Crescimento – Campanha e Oração e leitura da Bíblia, revitalização das UCPs com um programa de discipulado;

Capacitação – Realização de Congressos, Treinamentos e Encontros para líderes e professores de crianças;

Comunicação – Site (voltado para os adultos que trabalham com crianças e as próprias crianças) Com dicas, jogos, notícias, artigos, etc., criação e publicação de uma EBF anual em parceria com a Editora Cultura Cristã e uma revista com matérias, entrevistas e assuntos do cotidiano.

A Igreja Presbiteriana do Brasil acredita que investir em crianças é um desafio que dará retorno em adultos espiritualmente fortalecidos, e essa é a importância da SGTI que atua em todo o Brasil. “Não tenho duvidas de que crianças que são bem firmadas e alicerçadas no ensino bíblico, quando chegam à fase da juventude estão fortes espiritualmente e envolvidas no serviço da igreja. Por isso, nosso desafio é valorizar ao máximo nossos Departamentos Infantis e nossas UCPs. Eles não podem continuar sendo vistos  como departamentos sem muita importância para igreja. Ouso dizer que o setor da igreja que deve ser mais estruturado e mais organizado é o Departamento Infantil”, afirma Rev. José Roberto.  

veja também