Abertura do templo réplica da primeira AD no Brasil reúne milhares de pessoas

Abertura do templo réplica da primeira AD no Brasil reúne milhares de pessoas

Atualizado: Terça-feira, 22 Março de 2011 as 9:03

Após 14 meses de obras, a Assembleia de Deus inaugurou neste domingo (20), a réplica do que foi o primeiro templo da Igreja. O evento faz parte das celebrações dos 100 anos do movimento que teve início em Belém, em 1911. Uma caminhada formada por dezenas de fiéis antecedeu a inauguração.

O imóvel, que fica na Av. Conselheiro Furtado esquina com a Tupinambás, foi restaurado a fim de manter as características do prédio original, de 1914. De acordo com o pastor Guilherme Costa, responsável pela obra, a reforma da igreja pode se comparar a uma gestação. “Foram 14 meses de gravidez e hoje é o dia do nascimento. Sentimos uma alegria muito grande por entregar a Deus e a toda comunidade uma igreja-filha, que nada mais é do que uma porta de fé e esperança que se abre para o bairro de Batista Campos”, declarou o pastor.

A caminhada saiu da Assembleia de Deus, localizada na Trav. Padre Eutíquio, e foi acompanhada por fiéis de todas as idades. “É uma felicidade muito grande participar desse momento. Tudo que fazemos pra Deus é motivo de muita felicidade e participar da inauguração dessa igreja é um momento de muita emoção”, disse emocionada dona Edna Costa, que frequenta os cultos da igreja há 5 anos.

Para o pastor Samuel Camara, presidente da Assembleia de Deus, a abertura da réplica do primeiro templo é uma homenagem aos fundadores do movimento, Daniel Berg e Gunnar Vingren. “Essa igreja iniciou como uma semente, foi um pequeno começo. Hoje, a Assembleia de Deus cresceu e já somos cerca de 50 milhões em todo o mundo”, disse o pastor Samuel.

Rumo ao grande dia do centenário, 18 de junho, a Igreja se prepara para receber fiéis de todo o Brasil e de mais de 170 países. “Belém é o berço do maior movimento pentecostal do mundo e queremos que a nossa história seja conhecida em todo país e em todo o mundo”, completou o pastor.Após 14 meses de obras, a Assembleia de Deus inaugurou neste domingo (20), a réplica do que foi o primeiro templo da Igreja. O evento faz parte das celebrações dos 100 anos do movimento que teve início em Belém, em 1911. Uma caminhada formada por dezenas de fiéis antecedeu a inauguração.

O imóvel, que fica na Av. Conselheiro Furtado esquina com a Tupinambás, foi restaurado a fim de manter as características do prédio original, de 1914. De acordo com o pastor Guilherme Costa, responsável pela obra, a reforma da igreja pode se comparar a uma gestação. “Foram 14 meses de gravidez e hoje é o dia do nascimento. Sentimos uma alegria muito grande por entregar a Deus e a toda comunidade uma igreja-filha, que nada mais é do que uma porta de fé e esperança que se abre para o bairro de Batista Campos”, declarou o pastor.

A caminhada saiu da Assembleia de Deus, localizada na Trav. Padre Eutíquio, e foi acompanhada por fiéis de todas as idades. “É uma felicidade muito grande participar desse momento. Tudo que fazemos pra Deus é motivo de muita felicidade e participar da inauguração dessa igreja é um momento de muita emoção”, disse emocionada dona Edna Costa, que frequenta os cultos da igreja há 5 anos.

Para o pastor Samuel Camara, presidente da Assembleia de Deus, a abertura da réplica do primeiro templo é uma homenagem aos fundadores do movimento, Daniel Berg e Gunnar Vingren. “Essa igreja iniciou como uma semente, foi um pequeno começo. Hoje, a Assembleia de Deus cresceu e já somos cerca de 50 milhões em todo o mundo”, disse o pastor Samuel.

Rumo ao grande dia do centenário, 18 de junho, a Igreja se prepara para receber fiéis de todo o Brasil e de mais de 170 países. “Belém é o berço do maior movimento pentecostal do mundo e queremos que a nossa história seja conhecida em todo país e em todo o mundo”, completou o pastor.

Origem – A Assembleia de Deus foi criada, em Belém, pelos suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, em 18 de junho de 1911. Nos anos seguintes, pastores levaram a evangelização para outros estados e países e, hoje, a Igreja é considerada o maior movimento pentecostal do mundo. Segundo dados o Censo 2000, divulgado pelo Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em todo o Brasil são cerca de 10 milhões de assembleianos.

Em 2011, a Igreja celebra o seu Centenário e prepara uma grande programação. Estão previstas celebrações, peças teatrais, apresentações musicais, entre outras iniciativas. O ponto alto das comemorações acontecerá no dia 18 de junho, quando uma marcha reunirá cerca de 200 mil pessoas, de todas as religiões, e será concluída num grande culto com a participação do evangelista Reinhard Bonnke, da missionária Helena Raquel e do pastor Silas Malafaia, além de outros pregadores nacionais e internacionais.  

veja também