Bíblia Sagrada ganha destaque na 20ª Bienal do Livro de São Paulo

Bíblia Sagrada ganha destaque na 20ª Bienal do Livro de São Paulo

Atualizado: Terça-feira, 12 Agosto de 2008 as 12

A Sociedade Bíblica do Brasil apresenta, em seu estande, obras que se distinguem pela riqueza de conteúdo e variedade de formatos.

Ao completar 60 anos de existência, a Sociedade Bíblica do Brasil reitera sua missão de proporcionar a todas as pessoas o acesso às Sagradas Escrituras, apresentando na 20ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, de 14 a 24 de agosto, novidades para adultos e crianças. Em seu estande de 99 m2, localizado na Avenida 1 (entre as ruas E e F) do Pavilhão de Exposições Anhembi, uma atração especial lembrará como a Bíblia chegou até nossos dias. Num scriptorium - como eram conhecidos os recintos onde os copistas atuavam no período medieval - os visitantes serão convidados a participar do projeto Bíblia Manuscrita, idealizado para comemorar o Ano da Bíblia e o aniversário da entidade.

Com a arte-educadora Thetê Rollo, a garotada terá diversão garantida, conhecendo um pouco das mais belas narrativas bíblicas, além de um exemplo de preservação do meio ambiente: Thetê confecciona, com material reciclado, os personagens das histórias contadas. É uma forma de estimular a criatividade, resgatar o hábito da confecção de brinquedos com materiais simples, além de conscientizar sobre reciclagem e meio ambiente. Entre as passagens selecionadas pela contadora de histórias, estão: O Começo, A Arca de Noé, Jonas, A grande Torre (Babel), O Rei Davi, Daniel e Jesus alimenta uma multidão. As apresentações, cada uma com 15 minutos de duração, acontecem diariamente, das 10 às 17h, com intervalo de 30 minutos entre cada apresentação.

"Transmitida através dos séculos por meio de cópias manuscritas e o primeiro livro a ser impresso numa prensa, a Bíblia hoje assume formatos inovadores, para atender aos diversos segmentos da população. Estamos sempre atentos às inovações do mercado editorial e, além do papel, adotamos recursos como a mídia eletrônica, uma forma de deixá-la sempre atual, como permanece o seu texto", comenta o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, Erní Seibert.

Tradição preservada - O resgate da prática dos copistas, como acontece no estande da SBB, já começa a mobilizar a população de várias cidades brasileiras, onde estão sendo instalados os scriptoria do projeto Bíblia Manuscrita. A expectativa é mobilizar 900 mil pessoas, transcrever uma Bíblia por estado brasileiro e ter dois exemplares copiados pela população de todas as regiões do país, totalizando 29 exemplares completos, escritos manualmente, até setembro. A iniciativa também tem um aspecto social, propondo doações para o programa Inclusão do Deficiente Visual, mantido pela SBB. Durante seus três meses de funcionamento, será realizada captação de recursos para levar a Bíblia em Braile e em áudio a um número ainda maior de deficientes. Hoje, o programa da SBB beneficia 2,5 mil pessoas, além de instituições especializadas no atendimento ao deficiente visual. A sugestão é que os copistas doem ao menos R$ 1,00 por versículo copiado. As ações e endereços dos scriptoria poderão ser conferidos em site oficial do projeto Bíblia Manuscrita (www.bibliamanuscrita.org.br ).

  Postado por: Claudia Moraes

veja também