Duas mobilizações de oração: combate a pobreza no mundo e por um novo Brasil

Duas mobilizações de oração: combate a pobreza no mundo e por um novo Brasil

Atualizado: Terça-feira, 10 Fevereiro de 2009 as 12

A organização humanitária cristã britânica Tearfund está promovendo uma Semana de Oração pela Pobreza Mundial, de 23 de fevereiro (segunda-feira) a 1 de março (domingo), com o objetivo de "incentivar igrejas e indivíduos a orarem com fé pelas necessidades específicas de outras igrejas e parceiros de todo o mundo". O compromisso incluirá pedidos específicos recebidos de todas as partes do planeta e uma agenda local de reuniões de oração.

Mais informações pelo site da organização.

Outro movimento cristão, de liderança nacional, está convidando pastores para uma mobilização de 40 dias de jejum e oração. O alvo deste ano de 2009 é a conquista de almas para o Reino de Deus. Segundo um dos participantes do movimento, pastor Eude Martins, da Sociedade Bíblica do Brasil: "Jesus nos ensinou que uma igreja que prega unida é uma tremenda testemunha a um mundo que está de olho em nós. Não é normal para a sociedade que vivamos juntos como uma família. Mas isso acontece todo dia quando igrejas locais trabalham para fazer a obra de Deus no mundo. Aqueles que não são crentes vêem essa unidade. Minha oração é que a igreja brasileira tenha o tipo de unidade que honra a Deus e conduz outros à Cruz".   

"40 Dias de Jejum e Oração Por um novo Brasil" vai acontecer de 19 de abril a 31 de maio de 2009.

O chamado do movimento, assinado pelo pastor Edison Queiroz, diz:

"Todos queremos ver o Brasil transformado pelo poder Deus. Para isto, devemos fazer três coisas:

1. Jejuar:

O nosso jejum moverá os céus e abrirá muitas portas para o avanço do evangelho.

2. Orar:

Deus é fiel e responde nossas orações. Ele prometeu que ouvirá dos céus, perdoará nossos pecados e sarará nossa terra. II Crônicas 7:14.

3. Evangelizar:

Hoje somos aproximadamente 25% de seguidores de Cristo no Brasil. Se cada um ganhar pelo menos uma pessoa para Cristo, seremos 50% de pessoas que amam a Deus e ao próximo. Sem dúvidas, isto fará uma grande diferença em nossa nação.

Para mais informações, acesse o site da campanha.

veja também