Encontro debate hoje a valorização do negro na Igreja e na sociedade

Encontro debate hoje a valorização do negro na Igreja e na sociedade

Atualizado: Quinta-feira, 28 Maio de 2009 as 12

O Encontro Afro-Cristão de 2009 ocorre entre hoje e amanhã, dias 29 e 30 de maio, das 8h30 às 17h30, na Universidade Metodista de São Paulo, organizadora e sede do evento. A edição deste ano terá por tema "Identidade e protagonismo negro", em um debate que contará com a presença de importantes convidados como teólogos, sociólogos, advogados e educadores.

A primeira palestra será ministrada pela advogada e ex-Secretária da Justiça do Estado de São Paulo, Drª Eunice Aparecida de Jesus Prudente e terá como foco o tema principal, "Identidade e protagonismo negro". "Trata-se de uma abordagem sobre o racismo institucional que existe no Brasil e sobre a cidadania conquistada pelos negros brasileiros graças a lideranças e movimentos sociais", explicou.

Aberto para toda a comunidade, o evento ocorrerá no Auditório Capa, do campus Rudge Ramos, da Universidade Metodista. Durante o dia serão realizadas conferências e depoimentos sobre trabalhos socioculturais protagonizados por grupos, ONGs e pessoas ligadas ao Movimento Negro.  

A professora de Filosofia e fundadora do Espaço Consciência Negra da Metodista, que participou da coordenação do evento, professora Lucília Laura Pinheiro Lopes, explicou que a principal razão para a Metodista participar do Encontro Afro-Cristão é reforçar seu papel de educar. "A Universidade já tem essa proposta de conscientizar sobre a valorização do negro na sociedade, e o evento vai servir para reforçarmos essa ideia".

De acordo com a coordenadora do Ministério de Ações Afirmativas Afro-descendentes da Igreja Metodista, uma das organizadoras e idealizadoras do Encontro Afro-Cristão, Diná da Silva Branchini, o objetivo da iniciativa é fazer com que as pessoas reflitam sobre a valorização do grupo afro-brasileiro dentro do contexto religioso e da sociedade em geral, proporcionando a inclusão dessa cultura. "É importante também que os próprios afro-descendentes resgatem a sua auto-estima e se orgulhem da sua identidade, para conseguirem combater o preconceito que existe", concluiu.

As inscrições devem ser feitas pelo e-mail [email protected], com o fornecimento de nome, endereço e instituição, no caso de estudantes, professores e funcionários. O valor da inscrição é R$10,00, e o pagamento deve ser feito na abertura do evento. Será fornecido certificado para os participantes.

Confira a programação completa no portal da Universidade (www.metodista.br ) e outras informações pelo telefone 4366-5598.

veja também