Maceió sedia Seminário de Ciências Bíblicas

Maceió sedia Seminário de Ciências Bíblicas

Atualizado: Segunda-feira, 29 Março de 2010 as 12

No title Uma nova edição do Seminário de Ciências Bíblicas será realizada nos dias 09 e 10 de abril, em Maceió (AL). Iniciativa da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), o evento tem como objetivo transmitir às igrejas e lideranças cristãs um pouco do conhecimento envolvido na arte de traduzir a Bíblia Sagrada e difundir os seus ensinamentos a todas as pessoas. Realizados desde ano 2000, esses encontros já alcançaram milhares de pastores, líderes cristãos, obreiros, professores de escola bíblica e seminaristas.

Para celebrar esta primeira década de existência, a SBB promoverá diversas edições do evento ao longo de 2010, com palestras diferenciadas. A edição de Maceió terá seis painéis, além de espaço para uma sessão de perguntas e respostas. O Seminário de Ciências Bíblicas será realizado na Primeira Igreja Batista de Alagoas, em Maceió. O investimento é de R$ 20,00. Mais informações pelos telefones (82) 3314 1021 e 0800-727-8888 (SBB).

Confira, a seguir, a programação completa do evento:

09 DE ABRIL - Das 19h às 22h

-   A Bíblia: sua natureza, funções e finalidade - Vilson Scholz: A Bíblia é o livro mais traduzido e lido em todo o mundo. É a regra de fé e de vida dos cristãos, tendo, assim, uma importância fundamental. A Bíblia é lida, pregada, discutida, vivida, mas raramente se faz uma pausa para perguntar: Que livro é esse? Quais são as suas funções, ou seja, para que serve? Sendo um livro que mexe com o seu leitor e ouvinte, podemos perguntar: qual o propósito disso? Aonde esse livro quer nos levar? Qual é a sua finalidade?

Vilson Scholz: Pastor e professor de teologia exegética, tem mestrado e doutorado na área do Novo Testamento. Consultor de Traduções da Sociedade Bíblica do Brasil, leciona também na Universidade Luterana do Brasil em Canoas (RS). É tradutor do Novo Testamento Interlinear Grego-Português (SBB) e autor de Princípios de Interpretação Bíblica (Editora da Ulbra). Reside em São Leopoldo (RS).

-   A função da Bíblia na igreja local - Erní Walter Seibert: A partir da constatação de que o conhecimento da Palavra de Deus ainda é pequeno, a palestra chama atenção para a necessidade do uso da Bíblia na vida das igrejas, ensinando, por exemplo, como podem se valer da fartura de materiais bíblicos em suas atividades de adoração e evangelização.

Erní Walter Seibert: Doutor em Ciências da Religião e mestre em Teologia, é autor de quatro livros. Tem ainda trabalhos publicados em vários livros e revistas especializados em Teologia e Ciências da Religião, tanto no Brasil como no exterior. É secretário de Comunicação e Ação Social da SBB e diretor do Museu da Bíblia de São Paulo e do Centro Cultural da Bíblia no Rio de Janeiro.

10 DE ABRIL - Das 9h às 17h

- A formação do Cânon - Paulo Teixeira: A partir do século IV a palavra cânon, que originalmente significa cana ou junco, passou a identificar também as Escrituras, o conjunto de livros normativos para a fé e a vida dos cristãos. A palestra discorre sobre as duas posições a respeito da formação do cânon - se um processo puramente humano ou obra divina -, recorrendo a vários estudos que confirmam a segunda premissa.

Paulo Teixeira: É teólogo e lingüista, especialista em Língua e Literatura Hebraicas e secretário de Tradução e Publicações da SBB.

- Interpretação da Bíblia para o homem de hoje - Lécio Domas: A interpretação da Bíblia deve levar em consideração as distâncias cronológica, geográfica e cultural. É preciso atender a alguns requisitos como, por exemplo, crer que a Bíblia é a Palavra de Deus. Faz-se necessário, também, que sejam atendidos determinados princípios: contexto; histórico, gramatical, teológico e prático.

Lécio Domas: É especialista em Educação Religiosa, escritor com 15 obras publicadas e professor de Teologia do Antigo Testamento, Liderança e Métodos de Estudos Bíblicos há 20 anos. Membro da Diretoria Nacional da SBB e do Conselho Geral da Convenção Batista Brasileira, é docente nacional e credenciador de docentes do Instituto Haggai do Brasil e pastor batista há 21 anos, atualmente pastoreando a Igreja Batista Dois de Julho, em Salvador (BA).

- A transmissão do texto bíblico - Vilson Scholz: A Bíblia, escrita em hebraico, aramaico e grego, é uma coleção de livros que ficou pronta há mais ou menos dois mil anos atrás. Se hoje traduzimos os textos originais, podemos perguntar: Como esses textos foram preservados? Onde estão publicados? Como posso ter acesso a eles? Esta palestra, que inclui temas relacionados com paleografia, arqueologia e crítica textual, procura mostrar como a Bíblia foi transmitida, desde o tempo dos profetas e apóstolos, até os nossos dias.

- Traduções da Bíblia: histórias, princípios e influências - Paulo Teixeira: Aborda os princípios de tradução, de equivalência formal e equivalência funcional ou dinâmica, relacionando os aspectos que influenciaram essas versões. Entre as razões para o avanço das traduções, destaque para o desenvolvimento de edições dos textos originais pelas Sociedades Bíblicas Unidas, o engajamento de tradutores nativos e o uso de computadores. Como conseqüência, tornou-se possível a evangelização de milhões de pessoas que antes não podiam ser atingidas.

Seminário de Ciências Bíblicas de Maceió

Data                          

09 e 10 de abril de 2010

Local                    

Primeira Igreja Batista de Alagoas

Endereço                   

Rua 16 de Setembro, 225 - Bairro da Levada

Maceió - AL

Horário                    

09/04 - Das 19h00 às 22h00

10/04 - Das 09h00 às 17h00

Investimento           

R$ 20,00

Informações          

(82) 3314 1021 e 0800-727-8888 - Sociedade Bíblica do Brasil

veja também