Museu da Bíblia promove programação especial pelo bicentenário de Louis Braille

Museu da Bíblia promove programação especial pelo bicentenário de Louis Braille

Atualizado: Segunda-feira, 14 Setembro de 2009 as 12

No dia 19 de setembro, durante o III Encontro de Pessoas com Deficiência Visual, o MuBi inaugura exposição que destaca a Bíblia em Braile. Também estão programadas palestra e entrega de Prêmio Literário sobre o criador do sistema de escrita e leitura por pontos em relevo que leva seu nome.

No dia 19 de setembro, o Museu da Bíblia (MuBi) sediará o III Encontro de Pessoas com Deficiência Visual e instituições que trabalham com este público. Desta vez, a programação ganha uma importância especial, já que, em 2009, celebra-se o bicentenário de nascimento de Louis Braille, criador do sistema de escrita e leitura por pontos em relevo utilizado por pessoas cegas em todo o mundo. Entre os destaques, estão a inauguração da mostra "A Bíblia na ponta dos dedos: 200 anos de Louis Braille" e a entrega do Premio Literário "200 anos de Braille", para contos e poesias. O programa inclui ainda apresentação "O Braille nos dias de hoje: sua história e seu futuro", inserida no ciclo de palestras promovido pela Comissão Paulistana para o Bicentenário de Louis Braille, da qual a Sociedade Bíblica do Brasil faz parte.

Localizado em Barueri (SP), o MuBi contemplou, desde sua concepção, pessoas com necessidades especiais. Para este evento, são esperados cerca de 250 visitantes, cadastrados ou não no programa Inclusão do Deficiente Visual, mantido pela SBB. Entre as organizações de apoio ao deficiente visual convidadas para o evento, estão Dorina Nowill, Laramara, Cadevi, ADEVA, URDV e Instituto de Cegos Padre Chico. A SBB disponibilizará transporte gratuito para o local a partir da estação do Metrô Santa Cruz (em frente ao Colégio Arquidiocesano), às 7h30, e da estação de trem de Barueri, às 8h.

A programação terá início com um café da manhã para os visitantes. Em seguida, será proferida a palestra "O Braille nos dias de hoje: sua história e seu futuro", por Markiano Charan Filho, diretor-presidente da Adeva (Associação de Deficientes Visuais e Amigos). Os participantes também conhecerão os vencedores do Prêmio Literário "200 anos de Braile", nas categorias contos e poesias, promovido pela SBB. Os textos, inéditos, foram avaliados por uma comissão julgadora formada pelos jornalistas Heródoto Barbeiro, Sílvia Ferreira Ramos e Marcos Piva, o diretor presidente da ADEVA, Markiano, a museóloga Amanda Tojal, a tradutora Olga Itocazo, e o bibliotecário Lourival Pereira.

Na sequência, os visitantes serão convidados a percorrer o Museu da Bíblia, onde será inaugurada da exposição "A Bíblia na ponta dos dedos: 200 anos de Louis Braille". Por meio de painéis, a exposição traçará um panorama do braile, passando pelo período antes de sua criação até chegar em sua ampla difusão pelo Brasil e mundo.

Por seu trabalho social voltado a deficientes visuais, a Sociedade Bíblica do Brasil faz parte da Comissão Paulistana para o Bicentenário de Louis Braille. A entidade produz, desde 2002, a Bíblia Sagrada completa em braile, na língua portuguesa, cujos exemplares são distribuídos gratuitamente às pessoas cadastradas no Programa Inclusão do Deficiente Visual, criado há mais de 15 anos pela organização. "São mais de 2,5 mil os beneficiados pelo programa. É muito gratificante contribuir para este importante processo de inclusão, que o conhecimento do braile propicia", afirma Erní Seibert, secretário de Comunicação e Ação Social da entidade.

Serviço: III Encontro de Pessoas com Deficiência Visual

Palestra: O Braille nos dias de hoje: sua história e seu futuro

Data:   19 de setembro de 2009 - sábado

Horário: das 8h30 às 12h

Local: Museu da Bíblia

Av. Pastor Sebastião Davino dos Reis, 672 – V. Porto, Barueri – SP

Inscrições: (11) 4168-6225 | [email protected]

A SBB e o MuBi - A Sociedade Bíblica do Brasil é uma entidade sem fins lucrativos, de natureza religiosa, social e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia, um bem de valor inestimável, que deve ser disponibilizado a todas as pessoas. Por seu caráter social, desenvolve programas com o objetivo de promover o desenvolvimento espiritual, ético e social da população brasileira, entre eles o Inclusão do Deficiente Visual. Mantém ainda outras iniciativas como os programas Luz na Amazônia, Ação Social na Escola, Ação Especial pela Paz e Ação Social nos Hospitais, entre outros.

Fundada em 1948, a SBB construiu sua trajetória com base na missão de "difundir a Bíblia e a sua mensagem a todas as pessoas e a todos os grupos sociais, como instrumento de transformação espiritual, de fortalecimento de valores éticos e morais e incentivo ao desenvolvimento cultural e social". Visando atender à demanda nacional por Bíblias e ampliar a divulgação da mensagem da Palavra de Deus, a SBB, em 1995, implantou, em Barueri (SP), a Gráfica da Bíblia, que se constitui no maior parque gráfico destinado à impressão e encadernação de Bíblias da América Latina.

Em parceria com a Prefeitura Municipal de Barueri, na Grande São Paulo, a SBB inaugurou, no final de 2003, o Museu da Bíblia, o primeiro do Brasil e um dos maiores do mundo em sua especialidade, devido à variedade de espaços e de documentos expostos. O objetivo do MuBi é promover o conhecimento da Bíblia, enfatizando seus aspectos culturais, éticos e religiosos. Tem entrada gratuita e assegura total acessibilidade a portadores de deficiências. Seguindo o conceito de arquitetura inclusiva, o projeto aboliu escadas e incluiu rampas de acesso aos ambientes. Os móveis são adequados para usuários de cadeiras de rodas e também foram providenciadas legendas em braile e painéis interativos, garantindo atrações específicas para deficientes visuais.

veja também