Noite evangelística com o Rap Sensation amanhã, na Igreja Pedra Viva (SP)

Noite evangelística com o Rap Sensation amanhã, na Igreja Pedra Viva (SP)

Atualizado: Quinta-feira, 3 Setembro de 2009 as 12

Com mais de 20 anos de histórias e seis álbuns gravados, o Rap Sensation se apresenta amanhã, dia 4 de setembro, na Igreja Pedra Viva - denomiação conhecida por sediar eventos de rap e hip-hop -, em SP. O evento está marcado para às 20h. A entrada é franca.

Foi através da conversão de Jaime dos Santos, ex-integrante do grupo, que o Rap Sensation tornou-se uma banda gospel. Cacau conta que durante muito tempo não aceitava e rejeitava as palavras de seu amigo a respeito do evangelho: "Há muito eu rebatia, eu que era um dos componentes na época, há muito eu rejeitava, mas não teve jeito. Papai me arrastou, me colocou uma algema santa e me trouxe para o evangelho e hoje o Rap Sensation todo é de Cristo".

Antes do atual álbum gospel "Qué Colá?", o grupo teve outros cinco trabalhos. "O Rap Sensation tem quase 21 anos. Eu sou o único da formação antiga, que era do mundão. Eu, o James e o DJ Zulu", conta Cacau. Mesmo com a ideia inicial de trocar o nome da banda para outro em português, o nome secular foi mantido com um propósito evangelístico. A banda acredita que com o nome divulgado no meio secular fica mais fácil para as pessoas que conhecem o Rap Sensation perceberem a mudança no estilo e nas canções. Recebendo assim, a palavra de Deus de forma musicalizada.

A maior parte das composições é de autoria de Nino e Cacau, que na maioria das vezes trabalham em conjunto. Para o vocalista Nino, a vida dos integrantes da banda tem que ser coerente com o que escrevem e cantam: "A gente tem a missão de levar o evangelho de uma forma bastante rígida, não só o rótulo de evangélico. Procuramos a verdade, nós queremos inserir a verdade na vida das pessoas, porque é uma verdade que a gente vive".

Sempre sorrindo e carregado de argumentos baseados na palavra de Deus, Cacau aponta que o rap dialoga principalmente com moradores das periferias, com usuários de drogas e com pessoas que têm uma vida ligada ao crime e à prostituição. Nino fala que no rap existe essa aproximação com o público: "O nosso foco justamente são os doentes. Como diz a palavra de Deus, quem precisa de remédio não são os sãos, mas os doentes. A nossa música é voltada ao pessoal da periferia. Quando nós éramos pessoas ímpias, pessoas que não conheciam a verdade, nós curtíamos essa música também. Sabemos que muitas pessoas gostam e essa é uma estratégia de evangelismo". Além da música, os integrantes têm também trabalhos pessoais de evangelismo, como visita a presídios.

Para mais informações sobre o Rap Sensation, clique aqui .

Serviço

Rap Sensation na Igreja Pedra Viva (SP)

Dia: 4 de setembro (sexta-feira)

Horário: 20h

Local: Igreja Pedra Viva

End.: R. Domingos de Moraes, nº 2833. Próximo ao metrô Santa Cruz.

Entrada Franca.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também