Palestra aborda codependência emocional nos relacionamentos

Palestra aborda codependência emocional nos relacionamentos

Atualizado: Sexta-feira, 26 Fevereiro de 2010 as 12

Nesta sexta-feira, 26, o Celebrando Restauração promove a palestra "Codependência", que começa às 19h30, no anfiteatro do Colégio Kerigma (Rua Oswaldo Cruz, 3401). A palestra será ministrada por Roswitha Massambani, uma das coordenadoras do Celebrando Restauração, onde facilita grupos de apoio para pessoas com vícios, traumas e maus hábitos.  A entrada é franca.

Pela sua experiência com grupos de codependência emocional, Roswitha explicará como identificar a doença e formas de lidar com ela. A princípio, a codependência estava relacionada apenas à famílias de pacientes alcoólicos mas, com o tempo, seu significado foi estendido e atualmente o termo também se refere à conduta de familiares e parentes de pessoas que tem algum problema grave e crônico, físico ou emocional. Pode ser uma criança que nasceu com um defeito físico, um adulto deprimido, uma esposa ou amante anoréxica, um irmão que não se saiu bem na vida, ou uma irmã que sempre se mete em encrencas e parece frágil para resolvê-las.

Segundo pesquisa realizada pela psicóloga mexicana Gloria Noriega Gayol, 25% das mulheres são afetadas pela codependência emocional. O codependente vive a ilusão de que ama o outro tanto, mas tanto que sacrifica sua vida por ele. Emocionalmente dependente, passa a viver a vida do outro, sacrifica-se pelo outro, perde sua própria identidade e deixa de sonhar os próprios sonhos, ter seus próprios desejos para sonhar e desejar a vida do outro.

"Há esperança para o codependente de se tornar uma pessoa capaz de desenvolver relacionamentos sadios e, principalmente, de amar de verdade, sem dor, tristeza, ameaças, culpa e manipulação. E é sobre isso que vamos falar", ressalta a palestrante Roswitha Massambani.

Serviço:

Palestra "Codependência", com Roswitha Massambani

Dia: 26/02 (sexta-feira)

Horário: 19h30

Local: Anfiteatro do Colégio Kerigma (Rua Oswaldo Cruz, 3401)

Entrada Franca (Não precisa fazer inscrição)

Informações: 3444 3635

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também