Falar a verdade em tempos de mentira

Falar a verdade em tempos de mentira

Atualizado: Segunda-feira, 21 Novembro de 2011 as 1:41

Ao participar de uma palestra ouvi a seguinte frase: o mentiroso tem que ter boa memória, ele precisa lembrar o que contou para não cair em contradição.

A mentira convive tranquilamente nas casas de muitas famílias, alguns até amenizam o poder destruidor dela dizendo que é apenas uma mentirinha.

Você já deve ter ouvido expressões como estas: "se for fulano diga que não estou", "não vou poder ir porque estou com dor de cabeça"; são mentiras que mostram quem é a verdadeira pessoa.

O mentiroso não merece crédito, não podemos confiar em pessoas que não sustentam a verdade. Não existe mentirinha, ou é verdade ou mentira.

Epicteto disse "a verdade vence sempre sozinha, mas a mentira precisa de um cúmplice."

Você já ouviu falar do adágio popular que afirma "quem fala a verdade não merece castigo"; não é apenas uma frase de efeito.

A Bíblia afirma que o pai da mentira é o diabo (o adversário), ele mente desde o princípio.

Quando temos compromisso com Deus, somos ensinados a falar sempre a verdade. A Bíblia ensina que nada podemos contra a verdade, senão a favor da verdade.

A verdade sempre prevalece. As pessoas gostam de conviver com pessoas francas, verdadeiras, que passam credibilidade.

Jesus apresentou-se como a verdade, ele disse: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida, ninguém vem ao Pai senão por mim." João 14.6

Assuma o compromisso de sempre falar a verdade, mesmo que você corra riscos, não abra mão da verdade.

Não minta, não engane, não falsifique, não viva uma vida irreal. Seja sempre verdadeiro, honesto, uma pessoa que odeia a mentira.

Os verdadeiros filhos de Deus andam na verdade, fala a verdade e defende a verdade.

Pense nisso.

Cleverson Pereira do Valle    é pastor da Primeira Igreja Batista em Artur Nogueira. Bacharel em Teologia pela FTBSP e EST. Membro do COMEAN

cleversonvalle.blogspot.com

veja também