Gravidez na adolescência

Gravidez na adolescência

Atualizado: Segunda-feira, 16 Setembro de 2013 as 10:27

gravidezInfelizmente o número de gravidez na adolescência tem aumentado nos últimos anos. Veja o depoimento da médica do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo Dra.Adriana Lippi Waissman:
 
“Pode-se dizer que estamos enfrentando atualmente uma epidemia de gravidezes em adolescentes. Para ter-se uma ideia, em 1990, cerca de 10% das gestações ocorriam nessa faixa etária.
 
Em 2000, portanto apenas dez anos depois, esse índice aumentou para 18%, ou seja, praticamente dobrou o número de mulheres que engravidam entre os 12 e os 19 anos.
 
Gravidez na adolescência não é novidade na história de vida das mulheres. Provavelmente muitas de nossas antepassadas casaram cedo, engravidaram logo e, durante a gestação e o parto, não receberam assistência médica regular. Erros e acertos dessa época se perderam no tempo e na memória dos descendentes.
 
A sociedade se modernizou; as mulheres vislumbraram diferentes perspectivas de vida. No entanto, tais avanços não impediram que, apesar da divulgação da existência de métodos contraceptivos bastante seguros, a cada ano mais jovens engravidem numa idade em que outras ainda dormem abraçadas com o ursinho de pelúcia.
 
A gravidez na adolescência é considerada de alto risco. Daí a importância indiscutível do pré-natal para evitar complicações durante a gestação e o parto.”
 
É necessário um alerta aos pais, vigiem os passos de seus filhos adolescentes. A Bíblia diz: “Ensine a criança o caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele.” Provérbios 22.6
 
A minha recomendação é que os adolescentes aproveitem bem esta fase, não pensem em namorar nesta faixa etária. Creio que a melhor idade para começar a namorar é 18 anos para moças e, 21 para rapazes.
 
Gravidez na adolescência traz consequências terríveis, geralmente as meninas mães entregam os seus filhos para que sejam criados pelos avós, pois ela ainda não tem estrutura psicológica para ser mãe.
 
Outra consequência é que em muitos casos tem que parar com os estudos. E às vezes nunca mais voltam a estudar.
 
Vamos orientar nossos adolescentes que o sexo biblicamente correto é após o casamento. É assim que Deus instrui em sua Palavra.
 
Que Deus proteja os nossos adolescentes.
 
 
Cleverson Pereira do Valle
Pastor da 1ª Ig.Batista em Artur Nogueira
Bacharel em Teologia pela FTBSP e EST
www.facebook.com/pastorcleversonn
www.twitter.com/pastovalle

veja também