MENU

A bênção da obediência

A bênção da obediência

Atualizado: Quarta-feira, 8 Setembro de 2010 as 11:47

Este é um dos três pilares para uma família que deseja com saúde espiritual e emocional esperar a volta de Jesus. Os outros dois são a submissão e o sacerdócio. Precisamos pedir a Deus para que ao mesmo tempo estas três coisas sejam entendidas e exercidas em nosso lar. Peço de Deus orientação por que são assuntos polêmicos e mal interpretados em nossa época.

Vamos pensar nesta reflexão apenas sobre a Obediência. Nascemos para obedecer a Deus e esta obediência traz benção para todos, incluindo as gerações futuras. Perdemos a capacidade de obedecer em Genesis três. A muito tempo atrás a desconfiança brotou no coração do homem e acredito que além do egoísmo, esta é a semente que satanás lançou para que a desobediência fosse gerada. Entendo que a desconfiança foi uma cortina colocada no coração da primeira família para que a semente do egoísmo pudesse florescer (no escuro).

Quando o egoísmo entra em um coração a vontade própria é entronizada - motivada por uma seta maligna - e a obediência é descartada. Obedecer implica em abrir mão da própria vontade para que a vontade de outro se cumpra em nós.

Mas como me submeter se não acredito? Se a desconfiança tomou conta do meu ser? Se não consigo me lançar com confiança e alegria? Se não posso me alegrar com a intenção do coração do outro? Satanás semeou dúvida no coração do homem para encobrir o egoísmo que já estava crescendo. “Será que Deus é bom assim? Qual sua opinião sobre isso? Será que você não está sendo privado de ser como Ele é, por isso ele tem tentado afastar vocês de comer desta árvore na intenção de não competirem com Ele? Será que isto está certo? Deus os ama mesmo? Se ama por que vocês tem que obedecer assim tão cegamente? Faça uma prova de fidelidade com o este Deus! Deus tem é medo de vocês!”

Optando pela desobediência, a maldição acompanhou como tudo o que vem de procedência maligna. Isto nos afeta. Afeta nosso lar, nosso relacionamento, nossa vida cristã. Nossos problemas de relacionamento tem esta mesma origem: nosso egoísmo e nossa desconfiança que esconde, disfarça aquela semente tão terrível que se estivesse na luz, sem a cortina, nem a permitiriamos.

Satanás continua perguntando nossa opinião e gerando dúvidas, mas não há lugar no Reino de Deus para o (que eu acho) certo e errado. Tudo o que importa é tomar a cruz e nos submetermos. Isto produz o quebrantamento que vem de Deus e Ele cumpre a sua vontade. Temos que nos arrepender de todo egoísmo e toda arrogância que é irmã gêmea do egoísmo e nos dobrar sem medo à vontade do Senhor. Ela é boa, agradável e perfeita!

Sua familia é reino de Deus. Preciso te dizer que o que você pensa sobre ela precisa ser deixado de lado para perguntar o que Deus pensa. Se a obediência for a motivação desta pergunta e não o egoísmo, as coisas vão mudar em sua vida e em sua casa!

Pr. Cleydemir

Cleydemir Santos   é pastor, psicólogo, escritor e teólogo em Minas Gerais. Trabalha com uma abordagem sistêmica, psicodramática, no atendimento de adultos e crianças.

veja também