MENU

Combatendo o bom combate

Combatendo o bom combate

Atualizado: Quarta-feira, 25 Agosto de 2010 as 12:09

"Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." (Efésios 6.12).

Há muitos anos atrás, quando morava no Rio de Janeiro, presenciei algo que muito me marcou. Por volta das sete horas da manhã resolvi, na ocasião, participar do grupo de oração dos "velhinhos" da Igreja. Confesso que, até aquela data, a oração não era o "meu forte". Hoje, reconheço de fato que uma vida santificada só é possível através  da leitura da  Palavra de Deus e da oração, conforme I Timóteo 4.5.

Inesperadamente, surgiu na reunião de oração, um rapaz com o semblante bastante modificado, blasfemando contra Deus e seus seguidores. Perplexo, notei que o jovem estava vindo na minha direção.

Para minha surpresa naquele dia eu era o único que estava ali no culto de  oração, nem o abençoado zelador estava na hora. Eu estava sozinho. Na minha mente passou a indagação: "onde estão aqueles irmãos que sempre vivem orando pela manhã, logo hoje que estou sozinho esse camarada vem aprontar?"

Sem que eu viesse a falar alguma coisa, o rapaz levantou o banco da igreja como se fosse uma pena e veio ao meu encontro. Diga-se de passagem, que os bancos da igreja, quando carregados, lembro-me que, dois homens precisavam se esforçar muito, mas aquele homem suspendera sem "qualquer esforço".  

Lembrei-me do texto de Marcos 6, onde um jovem descontrolado da cidade de Gadar veio na direção de Jesus.   Vale destacar que o endemoninhado gadareno tinha sido "muitas vezes preso com grilhões e cadeias, as cadeias foram por ele feitas em pedaços, e os grilhões em migalhas, e ninguém o podia amansar. "

Que situação, o homem ali na minha frente estava totalmente descontrolado. Minha vontade naquele momento era correr, mas percebi com os olhos espirituais que o jovem, à semelhança do gadareno, estava de fato possuído pelo inimigo.

O combate estava travado, afinal a "nossa luta não é contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais." Assim, pela misericórdia e graça de Deus, enfrentei com Cristo aquela luta contra o inimigo.

Parafraseando as palavras de Davi no combate contra Golias que disse: "Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu vou a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado" eu disse para o Jovem na minha frente: "tu vens a mim com bancos e insultos; porém vou a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus da igreja, a quem tens afrontado".

Para Glória do Senhor, quando o inimigo percebeu que estava derrotado, fugiu às pressas da igreja e pude contemplar a grande vitória dada pelo Senhor.

Meu (minha) amado (a), a nossa briga é contra o inimigo e não contra as pessoas. Busque ao Senhor e tenha certeza que você nasceu para ser um vitorioso contra o inimigo. Creia na promessa de Romanos 8.37: "Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor."

Precisamos enfrentar o inimigo de nossas vidas, visto que a Palavra de Deus afirma de forma categórica em Tiago 4.7: "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós."

Você em Cristo Jesus é mais que vencedor!!!

Denilson Moreira Sanches   é natural de Nova Iguaçu (RJ), casado com Simone Vieira Sanches, pai de Bruno Vieira Sanches (10 anos) e Mylena Vieira Sanches (6 anos). Bacharel em Ciências Militares (com concentração na área de Intendência, 1992) pela Academia Militar das Agulhas Negras(AMAN); Mestre em Operações Militares (com especialização em Logística, 2001)  pela Escola de Aperfeiçoamento de Oficiais (EsAO);  Pós-graduado  em Bases Geo-Históricas (na área de Formulação Estratégica, 2006) pela Escola de Comando e Estado-Maior do Exército; Mestre em Teologia (com especialização na área Bíblica, 2007) pela Faculdade de Educação Teológica de São Paulo (FATE-SP). Em 2010 lançou o livro de sua autoria ''Diário de Um Servo'' e atualmente é Oficial Superior do Exército Brasileiro, no posto de Major do Serviço de Intendência, na Função de Auditor das Unidades Gestoras do Nordeste do Brasil. Em 2007 implantou com sua família, o PEPE Massangana (Programa Educacional Pré-escolar) na Comunidade de Recife - PE e cuida deste projeto até hoje, mesmo residindo em Fortaleza (CE) e pastoreando a Igreja Batista Shema, na capital cearense.

veja também