MENU

Namoro segundo a vontade de Deus - A escolha

Namoro segundo a vontade de Deus - A escolha

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2011 as 9:33

De acordo com a cultura do "presente século", o conceito de "namoro saudável" está, em muitos aspectos, distante daquele apresentado na Bíblia Sagrada, de modo que, até muitos crentes em Jesus desconhecem os princípios bíblicos que devem orientar este relacionamento. Neste estudo, trataremos destes princípios. Como é o namoro segundo a vontade de Deus? Comecemos com a escolha.   

O que o crente em Jesus precisa levar em conta antes de escolher alguém para iniciar um namoro? Paulo dá um conselho eficaz em 2 Coríntios: Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos... (6:14a). Você sabe o que é o “julgo desigual”? De acordo com o contexto desta passagem, colocar-se em jugo desigual significa ter ligação com uma pessoa que é totalmente diferente. Kistemaker (2004, p. 321) afirma que, neste "texto está relacionado a uma pessoa que não é membro da família da fé e que pode fazer com que um crente quebre a sua aliança com Deus".

Veja que Paulo é contundente na sequencia: ...porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniqüidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas?(...) Ou que união, do crente com o incrédulo? (2 Co 6:14-15). Parece que o está em questão é separar a religião pagã da religião cristã. Concordo com aqueles que afirmam que este texto não fala especificamente sobre o namoro.  Não fala mesmo. É possível se colocar em jugo desigual com alguém, em diferentes áreas da vida. Mas, pode-se aplicá-lo a área do relacionamento também. Namorar alguém totalmente diferente, que não é membro da família da fé, é perigoso; é colocar em risco a aliança com Deus.

Alguém poderia dizer que sabe de casos de pessoas que namoraram pessoas não crentes, se casaram, e hoje vivem bem; ou talvez, de pessoas que começaram a namorar pessoas não crentes e que, depois, estas se converteram. Ok. Isso é possível. Mas e número esmagador de pessoas que não se converteram? E o número de caso de pessoas que entraram em jugo desigual com os incrédulos e acabaram com as sua vida cristã? Por isso, digo que é perigoso. Por isso, a orientação da Escritura. Não brinque com a sua aliança com Deus.

Na hora de escolher com quem namorar, o cristão precisa levar essa orientação das Escrituras a sério. É preciso conversar com a pessoa com quem se deseja namorar. Saber quais são seus objetivos, seus propósitos, seus sonhos. Conhecer a família. A fé que professa. Depois de tudo isso é indispensável perguntar se vale mesmo a pena namorar. Será que não é roubada? Afinal, se namorá-lo (a), significa risco de quebrar a aliança com Deus é uma tremenda fria! É bom pensar. Repensar. Orar. Um namoro santo começa com uma escolha certa! Por acaso andarão duas pessoas juntas, se não estiverem de acordo? (Am 3:3).

Eleilton William de Souza Freitas   é missionário, casado, e graduando em teologia. É líder do Ministério Jovem da Igreja Adventista da Promessa, no bairro de Vila Maria, em São Paulo.

veja também