Quando Jesus Visita a Nossa Família

Quando Jesus Visita a Nossa Família

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 12:31

Um dos mais expressivos encontros de Jesus foi com um coletor de impostos, Zaqueu, que ansiava por ver o Mestre, talvez para aliviar-se do fardo de uma vida vazia de sentido e cheia de rotinas insignificantes. Jesus, ao vê-lo, dirigiu-lhe as seguintes palavras: Hoje, me convém pousar em tua casa (Lucas 19.5).  O que acontece quando Jesus resolve visitar uma família?

Assim como Zaqueu, qualquer um de nós pode ter um encontro com Cristo e recebê-lo em nossa casa, em nossa vida, em nosso coração, no lugar de nossa intimidade. A presença de Jesus produzirá transformações profundas no coração humano e trará luz ao lado sombrio da nossa existência. O brilho de Cristo fará surgir novas motivações e novos sentimentos dentro da nossa casa.

A presença de Jesus dentro da nossa casa produzirá pelo menos, três grandes renovos, pois por onde Ele passa e aonde Ele chega tudo se transforma. Assim também acontece com a família que abre as portas para a presença de Jesus.

1) Ele renova os sonhos da família. Toda família precisa ter os seus sonhos. Muitas vezes, quando vivemos sob o peso de rotinas desmotivadoras, paramos de sonhar. Aceitamos o marasmo e o caos como se fossem parte de um plano arquitetado por Deus ou pelo destino. Isto é um engano! A vida é alimentada pelos sonhos. Todos nós temos o direito a uma existência feliz. Quem deixa de sonhar, também para de viver. Nosso destino é construído pelos sonhos que perseguimos, pela nossa capacidade de luta e determinação, com a presença do Senhor em nós.

2) Ele renova as forças da família. Dois grandes inimigos da família são: a rotina e as lutas contínuas. Tudo isso causa exaustão e tédio dentro de casa. O cotidiano é cansativo, especialmente quando é marcado pela ansiedade e pela provação. A vida é uma batalha contínua. Por isso, muitos se sentem cansados de viver. O sofrimento demorado enfraquece nossas resistências. Entretanto, somos fortalecidos pela força da fé e da perseverança quando deixamos Jesus entrar em nossa casa.

3) Ele renova as esperanças da família. Precisamos de esperança para olhar além do momento presente, além da própria dor. A esperança é o combustível da vida. Sem ela, estaríamos condenados aos limites do efêmero, do circunstancial. Só conseguiremos ver mais longe quando contemplamos a vida pelo prisma da esperança. Sem a força da esperança a família tende a sucumbir diante das lutas, decepções, frustrações e desencontros nas relações familiares.

Que bom ouvir de Jesus: "Hoje me convém pousar em tua casa"! Apesar dos percalços, o renovo de Deus, especialmente dentro de casa, tem o poder de resgatar os sonhos abandonados, de fortalecer os corações enfraquecidos e renovar as esperanças perdidas. Ele quebra os fardos angustiantes das rotinas desmotivadoras e faz algo novo acontecer.

Pr. Estevam Fernades

Estevam Fernandes   ingressou no Seminário Teológico de Recife (PE) ainda jovem, em 1976, influenciado pelo seu irmão, Eli Fernandes (atualmente também pastor). Em1980, ainda seminarista assumiu o cargo de pastor auxiliar temporariamente na Igreja de Ilhéus (BA). Atualmente pastoreia a Primeira Igreja Batista de João Pessoa (PB).  

veja também