Festejar e Sofrer

Festejar e Sofrer

Atualizado: Terça-feira, 31 Agosto de 2010 as 7:30

Gostamos de estar em ambientes festivos. Mas muitas pessoas dependem de circunstâncias agradáveis e de afeto para verem a vida de maneira positiva e para crer em Deus; procuram viver de festa em festa, de diversão em diversão, para fugir do sofrimento e dos questionamentos que ele promove.

Em Eclesiastes, a Bíblia nos ensina que os momentos de tristeza podem proporcionar lições preciosas para o nosso amadurecimento: "Melhor é a mágoa que o riso, porque com a tristeza do rosto se faz melhor o coração" (Ec 7:3). No mesmo capítulo, Salomão diz que os sábios são aqueles que não dependem de risos e festas (Ec 7:4).

A vida não é toda feita de dor, mas também não é toda colorida, como gostaríamos que fosse. A única maneira de lidarmos bem com a dor é encarando-a e permitindo-nos aprender com ela, ao invés de fingirmos que não existe.

O sofrimento é sempre uma oportunidade de nos tornarmos melhores. As diversões e as festas, por outro lado, podem ter um efeito contrário a esse, se as usarmos como um meio de fugirmos das nossas responsabilidades e da nossa dor. Precisamos vivê-las, sem deixar que nos impeçam de amadurecer. Sendo assim, festejar e sofrer são desafios que devemos encarar com sabedoria.

Eudoxiana C. Melo

Eudoxiana Canto Melo   é formada em letras, revisora do Departamento de Cultura Cristã da IAP - Igreja Adventista da Promessa - e autora de estudos das Lições Bíblicas da IAP. Também colabora com artigos para o site da FUMAP (Federação das Uniões da Mocidade Adventista da Promessa).

Blog: Poeira de Ouro -   http://eudoxiana.blogspot.com/

veja também