MENU

O Herói - Se alegra em Deus

O Herói - Se alegra em Deus

Atualizado: Segunda-feira, 21 Fevereiro de 2011 as 1:20

O HERÓI – TEM O REAL MOTIVO PARA SORRIR

Gastamos o maior tempo de nossas vidas - e alguns gastarão de forma inútil a vida inteira, em busca da felicidade! Como um tesouro a ser descoberto, encontrado ou conquistado. Muitos passam pela vida, sem viver. Isto mesmo atravessam anos e anos de sua existência trabalhando, correndo de um lado ao outro, lutando contra tudo e contra todas almejando um dia alcançar a “tal felicidade”. Felicidade não é um ponto final em uma estrada, mas, o próprio caminho! Fomos feitos para sermos felizes e realizados, tendo vidas plenas, vidas em abundancia em Jesus, que se apresenta como o próprio caminho.

Muitos podem ser os motivos para um sorriso, ou uma boa gargalhada, todavia, Somente o herói da fé, tem o motivo real e eterno para sorrir, e viver em alegria!

Leitura do Texto    Hebreus 11. 1-3; 32 / Genesis 18.10.15; 21.1;6

O HERÓI DA FÉ SORRI QUANDO ENTENDE!             

“Então todo o povo se foi a comer, a beber, a enviar porções e a fazer grande regozijo; porque entenderam as palavras que lhes fizeram saber”. Neem 8.12

Diz o dito popular que quem ri por ultimo, ri melhor! Enaltecendo a vantagem daquele que ri na conclusão de um assunto, no final de uma conquista. Mesmo que tenha sido um perdedor, ou, humilhado em algum momento, o riso final demonstra que ele foi o vencedor da disputa, da luta, batalha, etc. Será que realmente há verdade neste dito? Será que passaremos a vida inteira lutando para sermos felizes apenas no final?

Reflexão: A tristeza, amargura e depressão em que muitos vivem, não consistem na ausência de felicidade, de motivos para sorrir, mas, na falta de entendimento do que realmente nos dá real motivo para sorrir! Quem entende isto, sorri hoje e sempre.  

Quando Deus promete a Abraão um filho em sua velhice, Sara escondida sorri, como um ato de deboche, talvez, não contra Deus, mas, contra si própria será que este filho “agora” na minha velhice valeria a pena, a vida passou, eu não fiz nada, não conquistei o que queria, Sara até então nunca fora feliz!

Sara não entendia o plano de Deus, e isto a levou a uma vida de tristeza e amarguras durante 90 anos! Sim, em 90 anos Sara achava que só poderia sorrir se tivesse um filho! Sara descobriria que o sorriso de seus lábios não viria de seu ventre, mas do alto!

O HERÓI SABE QUE O SOFRIMENTO É PASSAGEIRO, O SORRISO ETERNO        

“Porque para mim tenho por certo que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória que em nós há de ser revelada” Rm 8.18

Sara não ri de Deus (1ª impressão que temos), Sara ri de si mesma, talvez comparando sua idade avançada com a época em que possuia os prazeres da vida! Veja que ela mesma declara: “ Depois de velha e velho também o meu senhor, terei ainda prazer?” Sara tinha cerca de 90 anos de existência, todavia, pouco tempo, quase nada de vida! Jesus é quem declara ser a Vida (João 14.6) e aquele que vive nesta FÉ tem vida em abundancia (João 10.10). Sara estava subsistindo, pois havia desistido da vida! Entendera durante nove décadas que o sorriso estava nos prazeres da carne em sua juventude, ou, na honra que a tradição creditava às mulheres férteis que davam filhos a seus maridos!

Reflexão – O que Sara precisava para sorrir é o que muitos hoje precisam! Mais do que acrescentar mais dias/existência a própria vida, é acrescentar vida, vida plena e abundante na própria existência! Precisamos nos contentar e nos alegrar no Senhor Jesus! (Fl 4.4)

O Choro por uma noite mas a Alegria Vem pela manhã! (Sl  30.5) – Não no amanhã da conquista de qualquer dádiva deste mundo, mesmo algo tão belo e especial como a maternidade, mas, a alegria de conhecer o verdadeiro amanh㠖 Jesus, a nosso futuro e nossa esperança.

 No mundo tereis aflições! Perda, morte, ausência, frio, fome e tantas outras situações são “dores” da vida! Que é passível de aflições! Sendo Cristo a verdadeira e única alegria, o sofrimento consiste em estar longe do Senhor Jesus!

SOMENTE O HERÓI DA FÉ TEM REAL MOTIVO PARA SORRIR

“Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e me conhecer, que eu sou o SENHOR” Jr 9.24

Reflexão – Mais do que sorrir pelo nascimento de Isaque seu filho Sara a heroína da fé sorri por que a vontade do Deus Eterno esta se cumprindo em sua vida! Sara será o instrumento divino para o cumprimento da Palavra de Deus! (Gn 12.3)

O real motivo para sorrir consiste em ser participante da realização da obra do alto aqui na terra! Jesus é quem declara que: “Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra” (Jo 4.34). Sara tem participação direta na vinda do Messias!

Sara descobre o verdadeiro motivo que gera alegria, e Sorri! Descobre que Deus a trata na pessoalidade de sua necessidade, e que, não apenas quer fazer-lhe bem, mas, que Ele também pode realizar o bem que prometeu!

Sara descobre o REAL MOTIVO PARA SORRIR -  Nossa alegria não está fora, ou além de nós! Em filhos, empregos, posses, diplomas, ou em nossa própria vida! Nossa alegria está em Deus, e vem do alto, independente de qualquer circunstancia ao nosso redor: “eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação” (Hc 3.18)

Leia Mais... Adquira 20 Degraus para escalada da fé .

Públio Azevedo  35 anos, é casado com Andréia, pai da Amanda (12), Pedro (10) e Isabela (8). Mestrando em Ciências da Religião - Mackenzie; Licenciado em Filosofia - Phenix e Bacharel em Teologia - Teológica SP;   é professor universitário, escritor e autor do Livro "20 degraus para escalada da fé", da editora Fôlego, e Pastor de Jovens na IB Parada XV de Novembro - SP.

Contato:   [email protected] ;   www.20degrausdafe.com

veja também