MENU

O verdadeiro significado do natal

O verdadeiro significado do natal

Atualizado: Sexta-feira, 5 Novembro de 2010 as 3:38

Dezembro é um mês muito representativo para todos nós, tanto pelas comemorações do Natal como pela entrada do Ano Novo. No entanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre o verdadeiro significado do Natal. Assim, sob a direção do Espírito Santo, resolvi escrever este artigo, na viva esperança de contribuir para o seu crescimento espiritual, a base sólida para as bênçãos que o Senhor Deus tem preparado para cada um de nós.

ALGUMAS PROFECIAS SOBRE O NASCIMENTO DO MESSIAS

1ª Profecia

UM MENSAGEIRO ANUNCIARIA A VINDA DO MESSIAS

(Profecia feita cerca de 750 anos antes de Cristo)

ISAÍAS 40:3 – "Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus ".

Cumprimento

Mateus 3:1 – "Naqueles dias, apareceu João Batista pregando no deserto da Judéia e dizia: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus ".

2ª Profecia

O NASCIMENTO DO MESSIAS

(Profecia feita cerca de 750 anos antes de Cristo)

Isaías 7:14 - "Portanto, o Senhor mesmo vos dará um sinal: eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho e lhe chamará Emanuel "

Isaías 9:6 - "Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz ".

Cumprimento:

Lucas 1: 68, 69 - "Bendito, seja o Senhor Deus de Israel, porque visitou e remiu o seu povo, e para nós fez surgir uma salvação poderosa na casa de Davi, seu servo "

Mateus 1:19 a 23 - "José, seu marido, sendo justo e não querendo difamá-la, resolveu deixá-la secretamente. Projetando ele isto, em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles ".

Tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor, pelo profeta: A virgem conceberá e dará à luz um filho, e o chamarão pelo nome de Emanuel, que quer dizer: Deus conosco.

3ª Profecia

A ÉPOCA DE NASCIMENTO DO MESSIAS

(Profecia feita cerca de 500 anos antes de Cristo)

Daniel 9:24 a 27 - "Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para fazer cessar a transgressão, para dar fim aos pecados, para expiar a iniqüidade, para trazer a justiça eterna, para selar a visão e a profecia e para ungir o Santo dos Santos. Sabe e entende: desde a saída da ordem para restaurar e para edificar Jerusalém, até ao Ungido, ao Príncipe, sete semanas e sessenta e duas semanas; as praças e as circunvalações se reedificarão, mas em tempos angustiosos. Depois das sessenta e duas semanas será morto o Ungido e já não estará; e o povo de um príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será num dilúvio, e até ao fim haverá guerra; desolações são determinadas ".

Cumprimento

Lucas 2:1 a 2 e Lucas 2:3 a 7 - "Naqueles dias saiu um decreto da parte de César Augusto, ordenando o recenseamento de todo mundo habitado. Este primeiro recenseamento foi feito sendo Quirino governador da Síria ".

Nota:

Embora tenha havido debates a respeito da data precisa, o Messias tinha que chegar antes da destruição da cidade e do santuário (templo).Como Daniel recebeu essa profecia algum tempo após a primeira destruição de Jerusalém e do templo, em 586 a.C., essa segunda destruição tem de referir-se àquela efetuada pelo exército romano, em 70 d.C. Portanto, o Messias deveria chegar 483 anos depois de 445 a.C. e antes de 70 d.C.

4ª Profecia

O LUGAR DE NASCIMENTO DO MESSIAS

(Profecia feita cerca de 690 antes de Cristo)

Miquéias 5:2 - "Mas tu, Belém Efrata, posto que pequena entre milhares de Judá, de ti me sairá aquele que há de reinar em Israel e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade ".

Cumprimento

Mateus 2:1 e Lucas 2:4 a 7 – "Tendo Jesus nascido em Belém da Judéia, no tempo do reis Herodes, vieram uns magos do Oriente a Jerusalém ".

CONCLUSÃO

O Natal é uma época onde, geralmente, nos encontramos mais festivos, generosos e benevolentes. A compreensão do verdadeiro sentido do Natal livra-nos, por isso, da sedução de trocar o amor fraterno pelas prendas ou por um mero cartão postal.

O Natal, então, marca um evento significante no calendário de Deus da redenção, pois o nascimento de Jesus de Nazaré não foi prematuro, nem tardio. Ele nasceu de acordo com a agenda profética de Deus. Tudo foi planejado, predito e prometido com centenas de anos de antecedência.

O nascimento do Messias foi verdadeiramente uma vinda abençoada. Ele prometeu salvar, e o primeiro Natal, convencionado como sendo o dia 25 de dezembro da presente era cristã, foi o cumprimento desta promessa.

Assim sendo, o verdadeiro significado do Natal representa a maior história de amor jamais contada. É a história do maior amor já dado. E é a história do maior Dom – o Senhor Jesus Cristo, nosso Salvador. Então, quando compreendemos o verdadeiro sentido do Natal não nos contentamos apenas com festas e comemorações, pois nossos olhos estão postos em Jesus, que sendo Deus que se fez carne e habitou entre nós.

Por isso, Natal é tempo de louvor, exaltação, glorificação e adoração ao Senhor Jesus Cristo, que se doou para nos redimir!

Este sim, é o verdadeiro espírito do Natal e, então, por que não comemorá-lo?

Pr. Ronaldo Didini

Ronaldo Didini   é pastor, jornalista, radialista, escritor e apresentador. Ficou conhecido em todo Brasil por apresentar o programa de televisão 25ª Hora, na década de 90, na Rede Record. Atualmente, é gestor e apresentador do Canal 21.  

veja também