15 dicas para ser feliz mesmo solteira ou separada

15 dicas para ser feliz mesmo solteira ou separada

Atualizado: Quarta-feira, 16 Março de 2011 as 12

O que Cinderela, Branca de Neve e Bela Adormecida têm em comum? Só foram felizes quando o Príncipe Encantado apareceu! Se o homem ideal não aparece, o destino de uma mulher é ser gata borralheira para sempre? Nada disso!

"A felicidade é um modo de ver a vida, e há vários", diz a psicóloga Lidia Aratangy, autora de O Amor Tem Mil Caras (ed. Olho Dágua). Ficar sozinha pode parecer assustador em algumas situações, como no caso de mães solteiras como Carol (Camila Pitanga), de "Insensato Coração". "Mas, se a mulher desenvolve outras áreas da sua vida, não vai ter um espaço tão grande para o homem que está faltando", diz a psicanalista Beth Valentim.

Perder o medo da solidão, aumentar a autoconfiança e saber que sua felicidade não está nas mãos de ninguém são segredos para se realizar. Aprenda a se divertir com a sua própria companhia.

1. Ame-se

Você não está sozinha porque não merece ter um amor, porque não é bonita ou interessante o suficiente. Não ter alguém nesse momento é apenas um fato, e não um drama. Aceite-se como você é.

2. Abuse da feminilidade

Não é porque você está solteira que tem de andar desarrumada, sem maquiagem, com a depilação atrasada...

3. Faça ginástica

Faz bem ao corpo, à saúde e à cabeça.

4. Seja criativa

Se agora é mãe e está sem um companheiro, você não poderá ter a vida que tinha antes. Use a criatividade para fazer programas prazerosos junto com seu filho. Também vale pedir ajuda à sua mãe e, em troca, passar uma tarde inteira revendo fotos de sua infância com ela, para que ambas se sintam felizes.

5. Nunca abandone seus amigos

Uma amizade pode durar para sempre, já um casamento, nunca se sabe.

6. Não se feche para um novo amor

Ser feliz sozinha é uma vitória, não uma condenação. Mas não é porque nenhum namoro deu certo até agora que será assim pra sempre. Abra-se!

7. Afaste a solidão

Você está solteira, não abandonada. E essa condição não é castigo. Viva!

8. Não deposite sua carência na comida

Pense que você pode fazer o cardápio que quiser sem ter de se preocupar com os pratos que o marido não come, o filho não gosta...

9. Invista em você

Faça um curso, planeje viagens, tenha projetos.

10. Veja vantagens

Em alguns momentos, você vai querer carinho, amor, sexo. Mas pense que será mais dona do seu nariz e estará livre do ciúme!

11.Não queira ser perfeita

Sua vida não é um mar de rosas? Acredite: nem a das celebridades mais bem casadas é. Todo mundo tem dias ruins, crises, problemas.

12. Sonhe sempre

"Quem não sonha sofre mais do que quem sonha", afirma a psicanalista Beth Valentim.

13. Não crie expectativas

Um parceiro não vai preencher a sua vida nem resolver seus problemas.

14. Esqueça os preconceitos da sociedade

As pessoas cobram, cobram... Família e amigos sempre esperam que as mulheres se casem, tenham filhos e sejam boas avós. Desligue o buzinaço da sociedade, afinal, ninguém paga suas contas, certo?

15. Mude o foco

Esqueça um pouco sua vida amorosa, trabalhe, divirta-se com os amigos, dedique-se à família. Não resuma sua vida a encontrar um par amoroso!

Elas se bastam!

Inspire-se no exemplo de atrizes lindas e bem-sucedidas que não têm marido...

1. Luiza Brunet

"Fui casada quase 25 anos. Depois de três anos separada, sou a prova de que dá para ser feliz sozinha. Temos de nos satisfazer com nossa companhia e não nos acomodar a uma relação só para ter alguém."

2. Cláudia Raia

Depois de 17 anos com Edson Celulari, a atriz se separou e vive uma fase tranquila. "Ou você fica parada, fingindo que está vivendo alguma coisa, ou transforma aquilo numa outra coisa. Se é fácil? Não."

3. Sandra Bullock

A atriz americana que fez Miss Simpatia foi traída e se separou pouco depois de ganhar um Oscar, pelo filme Um Sonho Possível. Mesmo solteira, Sandra Bullock adotou um bebê e está feliz da vida.

Como ser uma boa mãe solteira

Para mulheres que têm filhos e o pai é ausente ou nem assumiu a criança, como a Carol, de "Insensato Coração", estar sozinha pode ser doloroso. Mas é preciso levantar a cabeça. "Se você está grávida e sozinha, dê um tempinho porque esse medo do início logo vira plenitude. Depois que é mãe, a mulher se sente poderosa!", enfatiza a psicóloga Lidia Aratangy.

Na prática...

· Pense na melhor alternativa para quando a criança nascer e você voltar ao trabalho (babá, alguém da família, creche).

· Nao tenha medo de tomar decisões sobre o bebê, confie no seu instinto maternal.

· Aprenda a pedir ajuda. Pode ser para sua mãe ou mesmo para uma amiga. "Aqui em casa, brinco que quando alguém pede ajuda, se não ganha, empata", brinca Lidia.

· Fale sempre a verdade para seu filho, mas com cuidado e carinho. · Não queira ser mãe e pai ao mesmo tempo. Seja uma boa mãe e pronto.

· "Assuma que existe ali o vazio do pai, mas que ele pode ser amenizado por uma figura masculina. Escolha uma escolinha infantil que tenha professores homens", sugere a psicóloga. Como responder à pergunta inevitável: "Mãe, cadê meu pai?" Responda a verdade e diga que, se o pai não está por perto, azar o dele, que perde a chance de ver crescer um grande filho.

veja também